Portal do Aluno Portal do Aluno

Como funciona a profissão farmacêutica nos Estados Unidos

Profissão Farmacêutica

O farmacêutico Henri Manasse foi vice-presidente executivo da American Society of Health-System Pharmacists (ASHP). Atualmente é professor da Faculdade de Farmácia da Universidade de Illinois, Chicago, nos Estados Unidos (EUA).  Em um diálogo exclusivo com o ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-graduação para farmacêuticos, Manasse conta e enumera 07 aspectos da profissão farmacêutica em seu país. Confira a seguir:

1 - Responsabilidade do farmacêutico na farmácia comunitária

O controle e a dispensação dos medicamentos são a principal responsabilidade do farmacêutico norte-americano. O aparecimento da farmácia clínica contribuiu decisivamente para tornar cada vez mais frequente a relação farmacêutico-paciente. Assim, é comum o profissional dar suporte ao tratamento medicamentoso e prestar assistência farmacêutica.

O sistema de atendimento à saúde é impulsionado pelo setor privado. Todos têm planos de saúde, já que não há atendimento social a todos os cidadãos (exceto em condições especiais, como para idosos carentes e doentes crônicos). Nos últimos anos o país está passando por mudanças na área de saúde, com a implementação do sistema chamado Obama Care, para assegurar que todos tenham acesso ao atendimento junto aos planos.

Os farmacêuticos são muito valorizados pelos planos de saúde (e pelos empregadores) na medida em que minimizam os custos com médicos. Por isso, há programas de bem-estar ligados às farmácias para reduzir os custos com o plano, manter a saúde dos funcionários e, assim, torná-los mais produtivos.

Nos EUA o farmacêutico pode dar assistência, prescrever alguns medicamentos, aplicar vacinas, fazer limpeza de ouvido, remoção e renovação de curativos, avaliação física completa, entre outros tipos de atendimento. Para cada serviço há um preço. As consultas com os farmacêuticos costumam ser documentados eletronicamente e o programa gera um relatório que segue para o responsável por seu tratamento (no caso de acompanhamento médico).

2 - Propriedade da farmácia

Nos EUA estão concentradas na mão do farmacêutico a direção técnica, a responsabilidade profissional e, na maioria dos estados, a propriedade das farmácias.

3 - Permanência do profissional na farmácia

Na competência do farmacêutico, 49% do seu tempo são usados na dispensação de medicamentos. Vale lembrar que 75% desses farmacêuticos trabalham nas farmácias comerciais, como proprietários ou integrados a redes de lojas (chain drugstores). Os 300 mil farmacêuticos dos Estados Unidos trabalham nas 20 mil farmácias independentes e nos 40 mil pontos ligados às grandes redes.

Lá é obrigatória a presença física do farmacêutico durante o funcionamento das farmácias e também nas cadeias de lojas, nas quais os medicamentos que forem de receituário são vendidos em zonas bem definidas dentro do estabelecimento, e sempre sob a direção e supervisão do farmacêutico.

4 – Acerca da quantidade de farmácias no país

Não há legislação que impeça as farmácias de funcionarem próximas umas das outras. Vale a livre concorrência.

5 – A prescrição farmacêutica nos Estados Unidos

As leis são diferentes em cada estado americano. Há 45 estados que permitem que o farmacêutico emita receitas com acordos firmados com profissionais habilitados pela pratica médica. O país acredita que é necessário o farmacêutico ser parte do sistema de saúde. Em alguns estados da federação o farmacêutico prescreve medicamentos de uma lista fornecida pelos serviços de saúde.

6 - Localização dos medicamentos

Nos EUA existem as drugstores e as pharmacies (farmácias). As drugstores podem ou não ter uma farmácia anexa. Elas são estabelecimentos comerciais que vendem desde produtos de higiene pessoal e de ambiente até artigos de eletricidade, roupas, calçados, artigos de escritório, material escolar, vitaminas, alguns analgésicos, suplementos etc. No seu setor farmacêutico - pharmacy (que funciona numa área fechada ou reservada) - são aviadas e preparadas as receitas. Além, disso, no local são dispensados medicamentos industrializados. Neste setor, o farmacêutico, que é o seu superintendente, está presente durante todo o horário de funcionamento do estabelecimento. Há farmácias dentro de drugstores onde funciona também uma clínica farmacêutica e onde o farmacêutico faz a anamnese e a prescrição.

7 – A remuneração do farmacêutico clínico nos Estados Unidos

Nas farmácias em que há clínicas de prescrição, os profissionais cobram a consulta, que varia de R$ 60,00 a R$ 360,00 (reembolsáveis). Além disso, os farmacêuticos ligados aos programas de saúde recebem em modelo de coparticipação do governo, do seguro saúde e do paciente, que paga cerca de R$ 40,00.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3943-1157

Whatsapp

  • (62) 99473-1495

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua Tobias Barreto, nº 803, Mooca, São Paulo - SP.

CEP: 03.176-000

Telefone: (11) 2607-6688

Fale conosco