Portal do Aluno Portal do Aluno

Na Rússia não há drugstores – somente farmácias com produtos restritos à saúde

A Rússia, pela primeira vez, irá sediar a Copa do Mundo da FIFA, em 2018. Será a 21a edição deste evento esportivo internacional de futebol masculino. Essa Copa do Mundo, a Universíada de Verão de 2013 e os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 são os primeiros eventos esportivos de importância mundial realizados na Rússia desde os Jogos Olímpicos de Verão de 1980.

É um sinal das mudanças culminadas com os investimentos financeiros no esporte e, principalmente, a ascensão econômica da Rússia após a dissolução da União Soviética, em 1991.

A Rússia fica no norte da Eurásia e tem cerca de 17 milhões de quilômetros quadrados, sendo o país com maior área do planeta, cobrindo mais de um nono da área terrestre. Tem 142 milhões de habitantes e um PIB per capita de pouco mais de US$ 9 mil.

Farmácia na Rússia é a Aптека России. Até muito pouco tempo, o máximo que a farmácia russa dispensava de medicamentos vindos de sua indústria nacional eram os genéricos - análogos de fármacos estrangeiros que perdiam a proteção patentearia.

Atualmente, há investimentos no setor e as empresas biofarmacêuticas russas anunciaram que, até 2020, serão capazes de atender a todo o calendário de vacinação nacional com vacinas russas e também suprir toda a lista de medicamentos essenciais e vitais com produtos nacionais, por conta da realização de pesquisas abrangentes e produção de medicamentos próprios, em conformidade com as normas internacionais de padrão de qualidade Good Manufacturing Practice (GMP).

Vale lembrar que o mercado farmacêutico russo ainda é tímido, avaliado em US$ 19 bilhões ao ano (bem aquém dos US$ 377 bilhões do mercado americano). Conheça três características importantes do mercado farmacêutico na Rússia:

1 – Regulamentação do mercado farmacêutico               

Todas as questões ligadas ao profissional são sujeitas ao controle e regulamentação do Sindicato Farmacêutico. Esse órgão está ligado ao Ministério da Saúde, que também legisla sobre os demais temas ligados à farmácia e ao comércio de medicamentos e correlatos.

Na Rússia, há os medicamentos prescritos e os isentos de prescrição, e nenhum deles fica ao alcance do consumidor, exceto alguns itens de gôndola como algumas pomadas e medicamentos que eles chamam de comerciais, como analgésicos e antigripais. No entanto, a grande maioria dos medicamentos fica mesmo atrás do balcão.

Não há venda de produtos que não sejam destinados à saúde. Não há drugstores. O que predomina nas gôndolas são os correlatos, os itens de higiene pessoal, cosméticos e dermocosméticos.

Há, na Rússia, um tipo bem específico de farmácia, que costuma ser federal ou estadual, e é baseada apenas na oferta de produtos manipulados.

2 – Sobre os Farmacêuticos na Rússia

Os farmacêuticos russos não prescrevem medicamentos. Eles apenas realizam os aconselhamentos relativos ao uso correto dos medicamentos e prestam poucos serviços farmacêuticos. No entanto, o forte é mesmo a dispensação.

A presença do farmacêutico é obrigatória nas farmácias em todo seu período de funcionamento, e a legislação é rígida nesse sentido. O controle é feito por um órgão exclusivo do Ministério da Saúde.

3 - Remuneração do farmacêutico

O proprietário da farmácia costuma ser bem remunerado para os padrões locais. Geralmente, o farmacêutico empreendedor (dono do estabelecimento) ganha entre R$ 13.000,00 e R$ 16.000,00. Já o farmacêutico empregado da farmácia recebe por volta de R$ 1.000,00.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3943-1157

Whatsapp

  • (62) 99473-1495

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua Tobias Barreto, nº 803, Mooca, São Paulo - SP.

CEP: 03.176-000

Telefone: (11) 2607-6688

Fale conosco