6 capítulos da revolução farmacêutica no Brasil

Nada será como antes! Isso é fato...é a lei do universo. Tudo tende a evoluir e se transformar. Todos os sistemas e relações vêm passando por revoluções que mudam o rumo da história e afetam as pessoas. A humanidade vem presenciando algumas revoluções históricas, a industrial, a tecnológica e a digital.

A confusão da logística reversa de medicamentos no Brasil

Publicada em 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) é a principal norma que trata do assunto no País. Considerada um grande avanço, a política determina a implantação de sistemas de logística reversa para diversos resíduos, como pneus, lâmpadas, baterias, agrotóxicos, entre outros. Conceitualmente, logística reversa é a devolução do produto ao fabricante para descarte adequado.

A RDC 44/09 da Anvisa será atualizada

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está promovendo, junto à às Vigilâncias Sanitárias (Visas) estaduais e municipais uma consulta dirigida, como o objetivo de levantar dados sobre a prestação de serviços de assistência à saúde em farmácias do País.

A tradução do “Juntos e shallow now" na Farmácia Brasileira

Se você acompanha o cenário musical, com certeza já ouviu a música "Shallow”. A canção interpretada por Lady Gaga e Bradley Cooper levou o Oscar de melhor música deste ano, como trilha sonora do filme "Nasce uma Estrela".

Anuidade CRF: Paulo Guedes, Ministro da Economia, fala ao ICTQ com exclusividade sobre as mudanças nos conselhos

O ministro Paulo Guedes, da Economia, pretende transformar o Conselho Federal de Farmácia (CFF), e os demais conselhos brasileiros, em sociedades privadas. Com isso, ele desobriga a inscrição compulsória (e, consequentemente, o pagamento de anuidades) e estabelece limites de atuação dessas entidades com relação ao poder de tributar e aplicar sanções.

Anuidade do CRF deixará de ser obrigatória e medicamentos não vão para supermercados

Farmacêutico! A hora é de comemorar! A categoria acaba de conquistar três vitórias fundamentais: cancelada a venda de medicamentos em supermercados, a figura do farmacêutico remoto desaparece e as multas aplicadas às farmácias ficam restritas ao limite de 10% do valor da anuidade.

CFF e entidades farmacêuticas negociam com a abras regras para medicamentos em supermercados

Nada foi definido com relação à venda de medicamentos em supermercados! Hoje (09/07) o deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS), relator da Medida Provisória 881/19, da Liberdade Econômica, retirou do texto da MP a questão da venda de medicamentos isentos de prescrição (MIPs) em supermercados, mas essa novela ainda não acabou! A questão foi apresentada na Comissão Mista, mas foi pedido vista conjunta para a apreciação do tema. Nova reunião ocorrerá na quinta-feira (11/07).

Como é trabalhar na Drogaria Araujo

A rede de Drogarias Araujo está entre as sete maiores do País, com faturamento de mais de R$ 2,1 bilhões. Possui 220 unidades, onde atuam cerca de sete mil funcionários. Com isso, ela atende a mais de 45 milhões de clientes e pacientes por ano.

Como é trabalhar na Drogaria São Paulo e nas Drogarias Pacheco

Os serviços farmacêuticos já são vistos como fator de diferenciação entre os estabelecimentos. Eles são, cada vez mais, necessários à saúde pública. Desde a publicação da Lei 13.021/14, que estabelece a farmácia como uma unidade de prestação de serviços destinada à assistência farmacêutica, os usuários veem as farmácias como alternativa fundamental para os cuidados da saúde.

Como é trabalhar na Panvel

A rede de farmácias Panvel faz parte do Grupo Dimed, que compõe, ainda, a distribuidora de medicamentos Dimed e o laboratório Lifar. Com 46 anos no mercado varejista, e com 419 filiais e mais de mil farmacêuticos atuando nas unidades presentes nos três Estados da Região Sul e em São Paulo, a Panvel projeta para este ano inaugurar 40 farmácias em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Como é trabalhar na Rede Extrafarma

A Extrafarma foi fundada, em 1960, no Pará. Atualmente está presente em 14 Estados, com 414 unidades, 30 delas em São Paulo. Emprega uma média de sete mil colaboradores diretos e possui um faturamento anual próximo a R$ 800 milhões. Em 2014, a empresa passou a fazer parte do Grupo Ultra, uma companhia de multinegócios da qual fazem parte também Ipiranga, Ultragaz, Ultracargo e Oxiteno.

Como é trabalhar na rede pague menos

A questão de um profissional farmacêutico se adaptar ou não em determinada farmácia é muito pessoal, pois depende das expectativas das duas partes. No entanto, é inegável que, independentemente do tamanho da rede, sempre há aqueles que gostam e aqueles que não gostam de atuar nesses estabelecimentos. No caso da Rede Pague Menos, a balança parece pender para o lado bom (ao menos para a marca).

Como é trabalhar na Super Popular

A rede de farmácias Super Popular abriu sua primeira unidade no município de Hortolândia, interior de São Paulo, em 2012, e já conta com 36 estabelecimentos em 16 cidades da região, além de Uberaba e Patos de Minas, em Minas Gerais. A rede possui 320 colaboradores, sendo 69 deles, farmacêuticos.

Como é trabalhar nas Farmácias Nissei

Para as Farmácias Nissei, o farmacêutico é um profissional altamente qualificado, com conhecimento técnico/científico e habilidades para a promoção da saúde na sociedade. É um profissional habilitado para indicar um medicamento para uma doença recorrente, assim como alguns analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios ou fitoterápicos, os MIPs, e que representam boa parte das vendas nas farmácias. É importante lembrar que, em meio aos profissionais da saúde, o farmacêutico é o mais acessível à população. Sempre está disponível nas farmácias para que o paciente receba o medicamento adequado à sua necessidade, na dose correta, durante o tempo necessário e no menor custo possível.

Como vamos trabalhar com o Ifood dos medicamentos?

Tudo começou com o Magazine Luiza, daí veio uma avalanche de grandes magazines e marketplaces disponibilizando a venda medicamentos isentos de prescrição (MIPs) e também os prescritos em suas plataformas de e-commerce, como é o caso do Submarino, Americanas, Casas Bahia, Ponto Frio, entre outras. Agora até mesmo o Rappi entrou nessa onda, funcionando, mais ou menos, como um IFood do medicamento!

Consultório Farmacêutico: planejamento e indicadores essenciais

Nunca é demais citar o clássico pensamento de um dos gurus da administração moderna, Peter Drucker: o que não pode ser medido, não pode ser melhorado. A frase remete à utilização de indicadores como ferramenta de medição de desempenho, de maneira quantificável, buscando entender se os objetivos estão sendo atingidos e identificando a necessidade de adoção de medidas corretivas, muito útil na gestão de um consultório farmacêutico.

Descompasso entre Anvisa e Ministério da Saúde prejudica vacinação em São Paulo

Pareceria cômico se não fosse trágico! Frente ao problema da baixa imunização enfrentada no Brasil, as farmácias da maior cidade do País estão impedidas de oferecer o serviço de vacinação (já permitido por lei) por conta da falta de um código do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES)! Aos leitores incrédulos, vale salientar que isso é a mais pura realidade, embora pareça bizarra!

Drogaria Araújo - Precisou? A maior de Minas tem

O empreendedorismo já está no sangue da família Araújo. O primeiro foi o avô, que fundou uma pequena farmácia, há 111 anos..depois veio o pai, que fez o negócio crescer...daí o neto entrou no jogo há 35 anos e deu a maior guinada que o mercado varejista farmacêutico já viu.

Enfermeiros substituem farmacêuticos em suas atribuições no Pernambuco

Imagine uma rua movimentada, no centro de uma cidade do interior de Pernambuco. Essa rua é real!  É cheia de farmácias, mas, uma delas acaba chamando mais a atenção do que as outras por conta de uma novidade: essa farmácia possui um consultório de enfermagem!

Entenda qual é o papel da farmácia no combate ao colesterol

As doenças cardiovasculares são a principal causa de mortes no Brasil. Em 2017, foram mais de 380 mil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Em 2018, a expectativa é que cerca de 400 mil pessoas morram por doenças do coração. Esses dados motivaram a SBC a criar o Cardiômetro, para calcular as mortes por doenças cardiovasculares no País: são mais de 1.000 mortes por dia, cerca de 43 por hora, 1 morte a cada 1,5 minutos (90 segundos). 

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS