Anvisa aprova nova insulina para tratamento do diabetes

Anvisa aprova nova insulina para tratamento do diabetes

Os pacientes com diabetes poderão contar com mais uma opção de tratamento. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a última etapa para a comercialização de uma nova insulina em território nacional, a Glargilin (glargina). O medicamento será importado pela Biomm, pioneira no setor de medicamentos biotecnológicos, numa parceria com a indústria farmacêutica chinesa Gan & Lee. Segundo a empresa de biotecnologia, as apresentações que serão disponibilizadas às redes varejistas são de caneta descartável (carpule refil), em caixas com uma ou cinco unidades.

De acordo com informação divulgada à imprensa, a medicação é um biossimilar da insulina glargina, mundialmente reconhecida por sua eficácia e segurança no tratamento da diabetes tipos 1 e 2. Como insulina análoga, ou seja, produzida a partir do hormônio humano, a Glargilin possui ação de longa duração, com efeito de até 24 horas no organismo do paciente, reduzindo as chances de episódios de hipoglicemia, que são caracterizados por um quadro perigoso que pode ocorrer quando há insulina demais em circulação no corpo humano.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Para o CEO da Biomm, Heraldo Marchezini, o novo medicamento é uma inovação no tratamento do diabetes: "Além disso, Glargilin representa para os pacientes brasileiros um tratamento seguro e eficaz, considerado pelos especialistas um marco no controle do diabetes. Estamos preparados para fornecer tanto para o varejo farmacêutico quanto para o sistema público de saúde”, destaca ele, em nota enviada à equipe de jornalismo do Portal do ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico.

Diferencial do medicamento

A gerente médica da Biomm, Maria Isabel de Campos Vergani, destaca ainda que a glargina tem um perfil de ação mais estável e evita os picos de insulina no organismo. “Sem essa cobertura de 24 horas, os pacientes precisam aumentar a frequência de aplicação da insulina basal e seguir horários rígidos para as refeições, a fim de evitar possíveis hipoglicemias”, explica.

publicidade inserida(https://sibrafar.com.br/)

De acordo com informação divulgada pela Biomm, a segurança e a eficácia do Glargilin são comprovadas por estudos científicos. A empresa de biotecnologia lembra que o mais importante deles foi realizado por pesquisadores chineses e americanos e apresentado no congresso da American Diabetes Association.

A companhia explica que essa pesquisa apresentou resultados que atestaram as propriedades farmacodinâmicas e farmacocinéticas da insulina biossimilar, quando comparadas à droga de referência. Na prática, isso garante que os mecanismos de ação e os efeitos desejáveis são os mesmos.

Participe também: Grupo para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar

Veja mais materias sobre:

Farmacêutica, Farmácia, Drogarias

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS