Covid-19: uso do remdesivir está aprovado

O Canadá autorizou nesta semana o uso do antiviral remdesivir em casos graves de pacientes com a Covid-19. União Europeia (UE) também fechou contrato com a Gilead Sciences, fabricante do antiviral, e acordo atenderá cerca de 30 mil pacientes no bloco a partir de agosto.

Ao menos dois grandes estudos nos Estados Unidos demonstraram que o medicamento pode reduzir o tempo de internação de pacientes com o novo coronavírus, informa a agência France-Press (AFP).

As doses a serem usadas no Canadá serão produzidas pela companhia norte-americana que desenvolveu o medicamento, a Gilead. “O remdesivir é a primeira droga que a Agência de Saúde do Canadá autoriza para o tratamento da Covid-19”, informou a pasta, conforme a AFP.

De acordo com a Agência de Saúde canadense, o remdesivir só poderá ser utilizado em pacientes com Covid-19 que apresentarem pneumonia e tiverem a necessidade de mais oxigênio para respirar.

Após dois grandes estudos demonstrarem que o medicamento pode reduzir o tempo de internação de pacientes com o novo coronavírus, Washington autorizou em maio o uso do antiviral em casos de emergência.

Vários países asiáticos, incluindo Japão e Coreia do Sul, seguiram o mesmo caminho e autorizaram o uso da droga, originalmente criada e testada (sem sucesso) para o tratamento do Ebola.

Europa também vai utilizar medicamento

A Comissão Europeia (CE) anunciou nesta semana também que fechou acordo com a Gilead para o uso do remdesivir em cerca de 30 mil pacientes em casos graves de Covid-19 na União Europeia a partir de agosto, segundo a Reuters.

É o primeiro medicamento autorizado oficialmente pela União Europeia para tratar o novo coronavírus. “Isso deve ajudar a cobrir as necessidades dos próximos meses, garantindo uma distribuição justa na UE”, revelou o comunicado da Comissão Europeia, informou a Reuters.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

O contrato, de 63 milhões de euros (R$ 388 milhões), disponibilizará aos 27 integrantes da UE e ao Reino Unido no início de agosto doses de remdesivir, vendido com a marca Veklury, da Gilead. A CE prepara, ainda, uma licitação conjunta para reservas adicionais do remdesivir, com o objetivo de garantir o uso do medicamento após outubro.

Antes, no começo de julho, a UE já havia autorizado provisoriamente o uso do remdesivir para adultos e adolescentes, a partir dos 12 anos, que estivessem com pneumonia e necessitassem de oxigênio.

A Gilead Sciences revelou cerca de um mês atrás que o antiviral também contribuiria para a melhora de pessoas que apresentaram estágio moderado do novo coronavírus.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou no fim de junho o estudo com remdesivir com 105 pacientes hospitalizados com pneumonia grave causada pelo novo coronavírus. A autorização foi solicitada pela empresa PPD Pesquisa Clínica, segundo o Estadão.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente.

 Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Medicamentos, coronavírus, Covid-19

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS