Laboratório do Exército paga quase o triplo no insumo da cloroquina sem contestar

Laboratório do Exército paga quase o triplo no insumo da cloroquina sem contestar

O Laboratório do Exército Brasileiro (LQFEx) comprou ao menos dois lotes de insumos importados para a fabricação do medicamento cloroquina por um valor 167% mais alto do que já tinha adquirido há dois meses, sem contestar o aumento de preço nos ativos. Segundo informação divulgada pela CNN, na terça-feira (15/09), o custo dos contratos foi de R$ 782,4 mil a mais para os cofres públicos.

Isso porque o grupo Sul Minas, representado pelas empresas Sul Minas Suplementos e Nutrição e Sul de Minas Ingredientes, repassou ao Exército 300 kg de difosfato de cloroquina, base para o medicamento, por R$ 488/kg em março de 2020, mesmo valor de um registro disposto em licitação de 2019. No entanto, depois de dois meses, em maio, a companhia disponibilizou 600 kg do insumo por R$ 1.304/kg, ou seja, quase três vezes mais caro.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Ainda de acordo com a emissora, explicações sobre o aumento de preço só foram cobradas depois que a compra já tinha sido efetuada e que se tornou alvo de investigação no Tribunal de Contas da União (TCU). Nesse sentido, a Procuradoria-Geral da República (PGR) já está analisando se deverá instaurar um inquérito sobre o caso.

Posicionamento da empresa

Após a repercussão, a empresa responsável pelo fornecimento do ativo, o grupo Sul Minas, alegou que os custos internacionais foram elevados, já que ela não possui fabricação para esse insumo e, por isso, importa o produto da Índia.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Segundo a CNN, um dos responsáveis pela empresa, Marcelo Luis Mazzaro, pontuou em carta ao laboratório do Exército, no dia 21 de julho de 2020, que a fabricante e fornecedora do produto, a IPCA, teria aumentado seu preço em 300% em março de 2020 e em 600% em abril. Esse custo ainda teria somado ao aumento de 300% no valor do frete internacional, além da variação cambial de 45%.

Nesse sentido, ele ressalta que esses fatores poderiam justificar a diferença de preços. Mazzaro destaca ainda que a primeira venda ao LQFEx, com custo de R$ 488/kg, teria acontecido em valor menor porque a empresa optou por não repassar esses acréscimos à instituição do Governo, na ocasião da compra.

Detalhe importante

Vale lembrar que o LQFEx já fabricava a cloroquina há alguns anos para o tratamento de malária. No entanto, em 2020, intensificou a produção do medicamento para atender às demandas de distribuição do Ministério da Saúde (MS) para o tratamento de pacientes infectados pelo novo vírus. Contudo, o fármaco não tem eficácia comprovada e já fracassou em diversos estudos na terapia contra o coronavírus.

Até mesmo a Organização Mundial de Saúde (OMS) descontinuou as pesquisas com a substância, em junho deste ano, por não constatar benefícios no tratamento de pacientes com Covid-19.

Participe também: Grupo de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Medicamentos, Farmácia Clínica, coronavírus

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS