Pandemia: cresce 281% número de vagas para farmacêuticos

Pandemia: cresce 281% número de vagas para farmacêuticos

Em meio ao surto ocasionado pelo novo coronavírus (Covid-19), muitas ofertas de trabalho estão surgindo na área da saúde no Brasil. Segundo pesquisa divulgada pelo site de empregos Catho, em março de 2020, houve um aumento de 281% no número de vagas no setor, se comparado ao mesmo período de 2019. Entre as possibilidades divulgadas, desde o último mês no portal, há mais de 70 oportunidades disponíveis para farmacêuticos. O levantamento foi publicado por meio da BBC News.

Além dos classificados divulgados na Catho, por todo o território nacional tem surgido muitas oportunidades para profissionais que trabalham em farmácias. Recentemente, a rede Panvel abriu 200 vagas em suas unidades no Rio Grande do Sul. Entre os cargos, a empresa tem recrutado farmacêuticos, auxiliares de logística, profissionais para atendimento, assistentes de estoque e ajudantes de limpeza. Segundo informação do portal G1, na segunda-feira (06/04), os interessados em participar do processo seletivo devem entrar no site do Grupo Dimed e clicar no ícone ‘carreiras’.

Já a rede Raia Drogasil também abriu cinco vagas para farmacêuticos em Campinas (SP). As oportunidades foram divulgadas por meio do site Vagas.com, também na segunda-feira (06/04).

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Outro exemplo de empresa que tem recrutado profissionais de saúde, com oportunidades para farmacêuticos, é o hospital Albert Einstein, em São Paulo. Recentemente, o complexo hospitalar anunciou que vai reforçar sua equipe para atender aos pacientes infectados pelo vírus. Ao todo, serão contratados 1.426 funcionários na capital paulistana, por tempo determinado.

Em março, a unidade hospitalar abriu postos para farmacêuticos e farmacêutico em oncologia junior. Atualmente, há uma vaga para farmacêutico junior. Segundo informação divulgada pelo hospital à equipe de jornalismo do Portal do ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, as possibilidades são disponibilizadas, diariamente, por meio do site oficial do hospital, em ‘carreiras’, local onde os candidatos devem se inscrever e acompanhar a atualização de novas vagas.

Empregos x riscos

Em contrapartida, se há todo momento surgem novas oportunidades na internet para farmacêuticos, muitas entidades da classe também chamam a atenção para os riscos aos quais esses profissionais estão expostos, pelo fato de estarem atuando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.  

Segundo o docente na área de saúde, Cássio Rossi, a situação é preocupante: “Se nós não mudarmos a forma de atendimento das farmácias no Brasil, todos os profissionais que trabalham nesses estabelecimentos serão contaminados pelo novo coronavírus”, destacou ele, por meio de um vídeo publicado nas redes sociais.

Ele complementou: “A pessoa [paciente] vai à farmácia, vai tossir, vai tocar em tudo, pegar no dinheiro e passar para a funcionária do caixa. Por isso, nesse momento, se não pensarmos na forma de atendimento desses estabelecimentos em território nacional, nós teremos 100% de contaminação dos profissionais que trabalham nas farmácias, desde o segurança até o gerente, todos serão contaminados”.

Atuação do CFF

Nesse sentido, a preocupação tem sido grande. Um exemplo disso está em uma recente decisão do Conselho Federal de Farmácia (CFF), que resolveu voltar atrás e adotar novas medidas em relação às ações de fiscalização nas farmácias em tempos de pandemia.  

A polêmica em torno do assunto começou na sexta-feira (20/03), após o órgão publicar a resolução 681/20, que determinava: "Ficam suspensos todos os prazos processuais no âmbito dos conselhos de farmácia, bem como os procedimentos de fiscalização externa”.

Alguns dias depois, após a repercussão, o órgão recuou e divulgou a resolução 682, publicada em 24 de março, ressaltando que "revoga a suspenção da fiscalização externa e estabelece, aos conselhos regionais de farmácia, a obrigação de garantir as condições necessárias à fiscalização, cujos procedimentos deverão primar-se pela segurança do fiscal, do fiscalizado e da população”, afirmou a entidade em seu site oficial.

Por fim, o CFF prometeu adotar novas medidas para destinar R$ 2,27 milhões para ajudar na compra de equipamentos de proteção individual (EPIs), que deverão ser destinados aos farmacêuticos fiscais e a todos os profissionais inscritos no sistema da entidade, tanto no âmbito federal como regional.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS