15 bilionários que fizeram grandes doações para o combate à pandemia

15 bilionários que fizeram grandes doações para o combate à pandemia

Em meio à pandemia ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19), o mundo se une cada vez mais para combater o novo vírus e tentar reduzir o número de vidas perdidas em diversos países. Nesse sentido, muitas doações foram feitas para investimentos em pesquisas, equipamentos médicos, medicamentos, auxílio a trabalhadores e alimentos. Entre as quantias mais generosas, 15 bilionários se destacaram.

No topo do ranking está o fundador do Twitter, Jack Dorsey, que anunciou, em 7 de abril de 2020, que estava transferindo US$ 1 bilhão (mais de R$ 5 bilhões) de suas ações da Square (cerca de um quarto do seu patrimônio) para iniciativas de combate ao vírus. Contudo, segundo recente informação divulgada pela revista Forbes, até o momento, ele destinou US$ 5 milhões (mais de R$ 26 milhões) que foram distribuídos entre algumas organizações. No entanto, caso ele acabe doando apenas 20% do valor prometido, ainda assim será a maior quantia doada.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Já o empresário de tecnologia, Azim Premji, que é indiano, planeja doar US$ 132 milhões (mais de R$ 702 milhões) para ajudar em iniciativas humanitárias e intervenções de saúde para conter a proliferação do novo coronavírus. A terceira maior promessa vem do magnata da Microsoft, Bill Gates, que pretende fornecer US$ 105 milhões (mais de R$ 565 milhões) para serem gastos, principalmente, no desenvolvimento de vacinas para prevenção e imunização da população em todo o mundo.

Em seguida, as outras doze posições ficam com:

4 - O empresário australiano, Andrew Forrest, que prometeu doar US$ 100 milhões (mais de R$ 535 milhões);

5 - O CEO da Amazon, Jeff Bezos, US$ 100 milhões (mais de R$ 535 milhões);

6 - O fundador da Dell, Michael Dell, US$ 100 milhões (mais de R$ 535 milhões);

7 – A co-fundadora e presidente da Fundação da Família Charles e Lynn Schusterman, Lynn Schusterman, US$ 70 milhões (mais de R$ 374 milhões);

8 - O fundador da Inditex, Amancio Ortega, US$ 68 milhões (mais de R$ 364 milhões);

9 - O presidente da De Beers, Nicky Oppenheimer US$ 54,5 milhões (mais de R$ 289 milhões);

10 - O presidente da Richemont, Johann Rupert, US$ 54,5 milhões (mais de R$ 289 milhões);

11- O CEO da Bloomberg, Michael Bloomberg, US$ 46 milhões (mais de R$ 246 milhões);

12 - O presidente executivo da African Rainbow, Patrice Motsepe,

US$ 43,5 milhões (mais de R$ 230 milhões);

13 - O criador do Facebook, Mark Zuckerberg (foto), US$ 36 milhões (mais de 192 milhões);

14 – O proprietário do Carolina Panthers da National Football League, David Tepper, US$ 20 milhões (mais de R$ 106 milhões); e

15 - O oligarca russo, Alisher Usmanov, US$ 20 milhões (mais de R$ 106 milhões).

publicidade inserida(https://emailmkt.ictq.com.br/anuncie-no-ictq)

Pequenas doações

De acordo com a Forbes, há cerca de 2.095 bilionários em todo o mundo, atualmente. Contudo, se quinze deles têm sido elogiados pelas generosas doações em meio à pandemia, muitos não anunciaram nenhuma transferência de recurso para ajudar no combate ao vírus e nos danos que ele tem causado em todo o mundo, seja em relação à saúde ou a economia.

Outra parte fez uma pequena doação. Esse foi caso do presidente americano, Donald Trump, que anunciou que doaria apenas US$ 100 mil (cerca de R$ 536 mil), sendo um quarto de seu salário e 0,005% de seu patrimônio líquido de US$ 2,1 bilhões (mais de R$ 10 bilhões).

Participe também: Grupo para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutica, Medicamentos, Covid-19

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS