Opinião sobre assuntos farmacêuticos

Papel do farmacêutico na judicialização da saúde

| 3109 views

A saúde pública é um dos aspectos de maior importância dentro da esfera dos direitos garantidos à população, e o Sistema Único de Saúde (SUS) é o órgão que deveria promover o acesso à assistência adequada.

Farmacêutico prefere ganhar bem a ser chamado de Doutor

| 9209 views

Escrevo este artigo inspirado pelos comentários que recebi em redes sociais, num texto que publiquei aqui, no Portal do ICTQ. Naquela ocasião a matéria intitulada “TODO FARMACÊUTICO DEVERIA SER CHAMADO DE DOUTOR?” recebeu uma enxurrada de comentários e compartilhamentos. Quase que em uníssono, os internautas questionaram: de que adianta nós farmacêuticos sermos chamados de doutores se não somos valorizados em termos salariais?

Caso Carrefour – tudo o que uma farmácia jamais pode repetir

| 4672 views

A empresa Carrefour é uma rede internacional de hipermercados fundada na França em 1960. No Brasil, desde 1975, a empresa tem mais de 570 lojas em formatos tão variados quanto hipermercados e lojas de bairro, a rede ainda possui drogarias, postos de combustível e serviços financeiros. As filiais brasileiras desse gigante do varejo mundial lucraram em 2017 R$ 1,4 bilhão. Todos os números e cifras ligados à big rede são assombrosamente grandes.

Farmacêutico Raiz x Farmacêutico Nutella

| 8581 views

A farmácia no Brasil se estabeleceu em meados de 1860 na forma de uma botica que manipulava e comercializava medicamentos. Naquele contexto, o Farmacêutico Raiz exercia plenamente seu conhecimento, realizava consultas, prestava Atenção Farmacêutica e provia à sociedade a mitigação de males e, muitas vezes, a cura por meio do exercício de sua arte. Esse período marcou o nascimento da FARMÁCIA COMO ESTABELECIMENTO DE SAÚDE, onde o tratamento individualizado realizado pelo farmacêutico conferia valor e importância ao profissional.

Todo farmacêutico deveria ser chamado de doutor?

| 25240 views

Por diversas vezes presenciei discussões, muitas delas acirradas, sobre o “pseudônimo” de Doutor atribuído pela população a médicos e advogados, mesmo que estes não tenham defendido uma tese num programa de doutorado. O hábito de chamar advogados e médicos de Doutor vem do período colonial. Nessa época, o termo era utilizado para se referir aos que tinham estudado fora do país, e a maioria dos jovens ricos cursavam medicina ou direito. O fato que me fez escrever este artigo é que, ainda hoje, os médicos continuam sendo chamados de Doutor. Essa tradição é reforçada por boa parte dessa classe profissional, que usa o termo em cartões de visita, placas de identificação, perfis nas redes sociais e, inclusive, ao se referirem a outros médicos. Visto isso, lhe pergunto: nós, farmacêuticos, também devemos nos autodenominar Doutores?

Desafios da Farmácia Hospitalar brasileira

| 6302 views

A farmácia hospitalar vem passando por mudanças significativas nos últimos anos, porém coexistem várias realidades em nosso País, desde farmácias extremamente modernas, prestando toda a gama de serviços, até o outro extremo, com hospitais sem farmacêutico.

3 lições do Juiz Sérgio Moro para Farmacêuticos

| 5814 views

Sérgio Fernando Moro, escritor, professor universitário e juiz federal da 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba, é um dos nomes mais badalados da história recente do pais. Seja na grande mídia ou nas rodas de conversa das mesas de bar, o novo auxiliar do presidente eleito, Jair Bolsonaro, é onipresente. Graduado em Direito pela Universidade Estadual de Maringá, Moro ganhou notoriedade nacional e internacional por comandar desde 2014 os julgamentos em primeira instância dos crimes elucidados pela Operação Lava Jato, que, de acordo com o Ministério Público Federal é o maior caso de corrupção e lavagem de dinheiro já apurado no Brasil.

3 lições do Papa Francisco para se tornar um líder Farmacêutico

| 3898 views

Atributos ligados à liderança fazem parte do rol de vantagens competitivas que garantem as melhores colocações profissionais do mercado farmacêutico. Um profissional capaz de influenciar de forma positiva as pessoas de seu entorno, se destacará em qualquer carreira farmacêutica. A capacidade de liderar é, por exemplo, a característica mais cobiçada pelos principais headhunters do mercado farmacêutico brasileiro.

Farmacêutico gera economia na saúde pública

| 4864 views

Todos sabem que a definição do papel do farmacêutico no Sistema Único de Saúde (SUS) serve tanto aos interesses dos pacientes como do público em geral. O grande diferencial de sua atuação nesse segmento é a economia que ele gera para a ascendente espiral de custos da atenção à saúde no setor público.

Voltar

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS