A farmácia mexicana – com muita pimenta ao paladar dos farmacêuticos brasileiros

CONTEÚDO PREMIADO: Registre seus dados e concorra a um iPhone 8

O Farmacêutico Ismael Rosa do ICTQ, viajou ao México com uma missão: Conhecer como funciona a profissão e o comércio farmacêutico. Ele conversou com o farmacêutico Jose Higinio Diaz trabalha na Rede de Farmacias del Ahorro, uma das maiores do país, em Cancún. 

A referida rede de farmácias, além de funcionar por 24h, pasmem...conta com um consultório médico, cujas consultas são oferecidas de forma gratuita aos clientes/pacientes da farmácia por um clínico geral. Enquanto isso, o farmacêutico clínico no país, praticamente não existe.

Confira mais informações sobre a profissão farmacêutica no México, levantadas por nosso enviado especial.

- Responsabilidade do farmacêutico na farmácia

O papel do farmacêutico dentro de uma farmácia no México é o de atender (atenção farmacêutica) o cliente/paciente e dispensar-lhe o medicamento. Este profissional é denominado de Químico Farmacêutico Biólogo (QFB). O atendimento ao usuário ocorre no balcão da farmácia, onde ele realiza  a atenção farmacêutica e a dispensação de medicamentos. Para os demais serviços, como aferição de pressão, glicemia, nebulização e outros, os pacientes são direcionados para o médico, cujo consultório pode estar anexo à farmácia.

- Propriedade da farmácia

O estabelecimento só pode ser aberto por um farmacêutico. Conforme o inciso III, artigo 260, Ley General de Salud (México), além dos QFBs., um médico poderá se responsabilizar por drogarias e laboratórios de produtos.

- Permanência do profissional na farmácia

Há a obrigatoriedade da presença do profissional no estabelecimento. A Secretaria de Salud, por meio da Comisión Federal para la  Protección contra Riesgos Sanitarios - Cofepris, realiza fiscalizações periodicamente nas farmácias e drogarias para verificar o cumprimento das normas (artigo 17 bis, Ley General de Salud - México).

Segundo o artigo 259, Ley General de Salud (México), os estabelecimentos deverão contar com responsável pela identidade, pureza e segurança do produto. Esses profissionais ​​devem cumprir os requisitos dos regulamentos aplicáveis ​​e ser designados pelos licenciados ou proprietários dos estabelecimentos, que darão conhecimento à Secretaria de Saúde. 

Os QFBs deverão colocar à vista do público um aviso que indique a instituição que expediu o título, diploma ou certificado, e o número da licença profissional correspondente (artigos 83 e 260, Ley General de Salud – México).

- Possibilidade de prescrição

O farmacêutico não pode prescrever medicamentos. Em contrapartida, a prática da indicação (denominam recomendação) ocorre na maioria das farmácias, sendo que o farmacêutico poderá dispensar sem a receita médica os medicamentos dos grupos V e VI, conforme artigo 226 da Ley General de Salud (México).

A prescrição é realizada apenas por médicos, além de contar com os programas de conscientização e fiscalização da Secretaria de Salud (Ministério da Saúde) e a Comisión Federal para la Protección contra Riesgos Sanitarios – Cofepris (Vigilância Sanitária). Não existem clínicas farmacêuticas no México, portanto não há cobrança pelo serviço farmacêutico.

- Como funcionam as farmácias

Praticamente todas as farmácias funcionam como conveniência (drugstore), podendo vender todos os tipos de produtos, desde medicamentos, dermocosméticos, produtos para saúde, até alimentos, bebidas alcoólicas, calçados, roupas, artigos de decoração, lembrancinhas etc. Também oferecem serviços adicionais, tais como recargas telefônicas, recargas de dispositivos para pedágio, pagamento de boletos.

A estrutura física contempla a loja que funciona como uma conveniência, em que medicamentos isentos de prescrição médica (grupos V e VI) e demais produtos ficam expostos e acessíveis ao público, e os outros medicamentos (grupos I, II, III e IV), que exijam prescrição médica e controle, ficam atrás do balcão. Os grupos de medicamentos estão descritos no artigo 226 da Ley General de Salud (México).

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

  • (62) 99473-1495

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

Fale conosco