Novo bafômetro detecta coronavírus em apenas um minuto

Novo bafômetro detecta coronavírus em apenas um minuto

Pesquisadores da Universidade Ben-Gurion (BGU), em Israel, desenvolveram um teste rápido capaz de detectar o novo coronavírus (Covid-19) em apenas um minuto. O método já foi testado em 120 pessoas e obteve êxito em 90% dos diagnósticos. Para os estudiosos, o exame poderá ser a solução para auxiliar no funcionamento de aeroportos e empresas.

Segundo o professor e coordenador da pesquisa, Gabby Sarusi (foto), entre as principais vantagens do produto está o fato de que o teste é bem mais rápido que o PCR, que é muito demorado, podendo levar dias para fornecer o diagnóstico do paciente. Nesse sentido, a ideia é instalar o novo sistema em aeroportos, na entrada de empresas e até em cruzeiros marítimos.

“O passageiro, por exemplo, sopra o bafômetro e, enquanto recolhe sua mala no raio-X, tem o resultado e pode viajar tranquilamente, sabendo se está livre do novo coronavírus”, explica ele, em entrevista ao G1. 

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

A estimativa de Sarusi é que dentro de 45 dias o novo método de testagem possa ser submetido à análise da Food and Drugs Administration (FDA), órgão americano que supervisiona a liberação de alimentos e medicamentos. Simultaneamente a isso, a universidade desenvolve o desenho e o protótipo para o equipamento.

Caso o sistema seja aprovado pelo FDA, o cientista estima que o teste deverá ser disponibilizado ao mercado em meados de outubro ou novembro de 2020.

publicidade inserida(https://sibrafar.com.br/)

Como funciona ?

O pesquisador explica que novo sistema eletro-ótico é composto por um kit de sete centímetros, que funciona acoplado a uma cápsula que contém um chip eletrônico. Esse dispositivo tem milhares de sensores, que são altamente eficazes em detectar o novo vírus.

“Se iluminarmos este chip com um tipo de radiação sem o vírus, teremos um tipo de resposta a uma radiação eletromagnética. Mas se há vírus no chip, obtemos uma diferente resposta”, ressalta Sarusi, que além de coordenador nesse estudo também é vice-diretor de pesquisa na Escola de Engenharia Elétrica e Computação da BGU.

Outro detalhe importante é que o chip é inserido dentro de um sistema que funciona em conectividade à nuvem, fazendo um backup automático dos resultados em um banco de dados. Nesse sentido, o método de testagem também pode ser útil para as autoridades em saúde, que poderão acessar as informações e rastrear o percurso do novo coronavírus. Além disso, como essa funcionalidade é totalmente automatizada, não é necessário transportar ou manusear o material.

Participe também: Grupo para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS