China emite alerta sobre novo vírus transmitido por carrapatos

China emite alerta sobre novo vírus transmitido por carrapatos

Em meio ao estado de calamidade em saúde pública instalado em todo o mundo, em decorrência da pandemia do coronavírus (Covid-19), novos casos de um vírus, transmitido por carrapatos, preocupa autoridades chinesas, que chegaram a emitir um alerta. Segundo o Global Times, entidades de saúde daquele país não descartam a possibilidade de que a doença possa ser transmitida entre humanos.

Identificado como Febre Grave com Síndrome de Trombocitopenia (STFS), os novos casos do vírus foram encontrados nas províncias de Jiangsu e Anhui, região leste do território chinês. Até agosto de 2020, o país já teria registrado 67 pessoas infectadas e 7 mortes.

Ainda de acordo com as informações divulgadas por meio do jornal chinês, autoridades em saúde começaram a se preocupar após uma paciente ser hospitalizada em Jiangsu com sintomas de febre e tosse. Durante a internação, os médicos constataram que ela tinha baixa contagem de plaquetas e um declínio de leucócitos na corrente sanguínea, além de dor de cabeça, fadiga e dores musculares.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Os médicos da unidade hospitalar afirmaram que não podem excluir a possibilidade de transmissão do vírus entre seres humanos, principalmente, por meio do sangue ou da mucosa, mas a picada do carrapato continua sendo a principal via de contágio do STFS.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Vírus já existia

O STFS, transmitido por carrapatos, seria do gênero bunyavírus e teria sido identificado pela primeira vez em 2011, de acordo com informação publicada no portal Sputnik News. Já a estação de rádio latino-americana, La FM, destacou que o primeiro caso documentado do vírus foi em um paciente no Japão, em 2012. Contudo, o vírus teria sido isolado naquele país para ensaios clínicos que visam descobrir a cura e barrar a proliferação da doença.

De acordo com um artigo médico feito em Nagasaki, e publicado na  plataforma de artigos de ciência PubMed essa "é uma doença endêmica com uma taxa de mortalidade de até 50%", sendo que seus sintomas incluem febre intensa, dor de cabeça, dor de estômago, vômitos, diarreia, desânimo, anormalidades neurológica e coagulopatia. Além disso, o período de incubação é muito semelhante ao da Covid-19, entre 6 a 14 dias.

Participe também: Grupo de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS