Mesmo vacinado, presidente argentino testa positivo para Covid-19

Mesmo vacinado, presidente argentino testa positivo para Covid-19

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, revelou em uma rede social no sábado (3/4) que após apresentar febre de 37,3º e uma leve dor de cabeça fez o teste rápido que deu positivo para Covid-19. Fernández recebeu duas doses da vacina Sputnik V, produzida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia.

Primeiro teste que o presidente argentino fez, de antígeno, é uma detecção rápida por swab nasal ou da garganta. Ainda no sábado ele fez o RT-PCR ou teste molecular, mais sensível que o rápido, e recebeu a confirmação de que estava com o novo coronavírus, segundo revelou o jornal El Clarín.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Contágio ocorre dois meses após o presidente ter sido vacinado contra o novo coronavírus. Fernández tomou a primeira dose da Sputinik V em janeiro e a segunda em fevereiro, revelou a Agence France-Presse (AFP). Fernández foi o primeiro líder a receber a imunização contra o coronavírus na América Latina.

O presidente, que completou 62 anos na sexta-feira, foi isolado e explicou que não quis ver muitas pessoas em seu aniversário para evitar reuniões com aglomeração. “Embora eu tivesse preferido terminar meu aniversário sem essa notícia, estou de bom humor”, disse Fernández, que agradeceu as mensagens de felicitações.

Ao Clarín Fernández confirmou que estava se sentindo bem. “Não tenho nenhum sintoma. Apenas essa febre... É um vírus muito complicado, e a prova é que eu contraí, sendo que já recebi as duas doses da vacina e tomo cuidados extremos”. Ele destacou ainda que estava com boa saturação de oxigênio – o presidente tem antecedentes de problemas respiratórios. “Se não fosse a vacina, talvez agora (a situação) fosse mais complicada”, acrescentou.

De acordo com boletim médico da presidência argentina (La Unidad Médica Presidencial), divulgado ontem (4/4), Alberto Fernández se encontra “estável, assintomático, com parâmetros dentro da normalidade”. As autoridades de saúde destacaram no documento a importância da vacinação. “Reitera-se que o quadro clínico é leve, confirmando a imunização concedida pelas vacinas recebidas”.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

O Instituto Gamaleya respondeu ao tuíte feito pelo presidente argentino com a confirmação da doença e reforçou a eficácia da vacina. “Estamos tristes de ouvir isto (o anúncio da infecção). Sputnik V é 91,6% efetiva contra a infecção e 100% eficaz contra casos raros. Se a infecção de fato é confirmada e ocorre, a vacinação garante rápida recuperação sem sintomas graves. Desejamos a você (Fernández) uma rápida recuperação”, afirmou o instituto pelo Twitter.

De acordo com o farmacêutico e professor da pós-graduação em Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica no ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico, Rafael Poloni, mesmo vacinado, deve-se manter os cuidados.

“É importante frisar que as vacinas atualmente disponíveis não possuem 100% de eficácia, ou seja, as pessoas que foram vacinadas podem ser infectadas ou reinfectadas, possivelmente de maneira mais leve, já que o imunizante tem alto poder de impedir as formas mais graves da doença”, salienta Poloni. “Além disso, essas pessoas podem ainda transmitir a infecção e devem manter as medidas de proteção como uso de máscaras, higienização das mãos e evitar aglomerações”.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente.

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Aplicação de Vacinas, coronavírus, Covid-19

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS