Urgente: sem oxigênio, pacientes morrem de Covid-19 nos hospitais de Manaus

Urgente: sem oxigênio, pacientes morrem de Covid-19 nos hospitais de Manaus

Hospitais em Manaus (AM) estão ficando sem o abastecimento de oxigênio, levando muitos pacientes que estão hospitalizados a óbito. Em diversos veículos de comunicação, profissionais de saúde estão dando informações sobre o caso. Segundo o portal Diário 24h de Notícias (D24am), na manhã de hoje (14/01), ao menos sete pessoas internadas em unidades de terapia intensiva (UTI) morreram devido à ausência do gás. Além disso, no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, onde há diversas pessoas internadas, o estoque não deverá durar até amanhã (15/01).

Devido ao colapso na rede de saúde, Manaus irá transferir mais de 750 pacientes para outras unidades de atendimento por todo o território nacional. Apenas o Estado de Goiás, por exemplo, deverá receber mais de 100 pessoas em estado grave de Covid-19.

Ainda sobre a situação do HPS Platão Araújo, algumas alas daquele hospital já estão parando de receber pacientes, pois, enfermeiros e médicos tiveram que reduzir a quantidade de gás fornecido para cada pessoa, prolongando a reabilitação daqueles que estão na UTI, em uma tentativa também de atender aos que chegam necessitando de oxigênio.

“Todo o trabalho de 10, 15 dias reabilitando pacientes vai ser jogado fora. Profissionais choram por não poder ajudar. A falta de oxigênio compromete todos os pacientes internados, os que estão na UTI e também aqueles que chegam no momento”, relatou um profissional de saúde, que preferiu não revelar sua identidade, segundo o D24am.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Ainda de acordo com esse profissional, o oxigênio já acabou no Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) e na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Alerta

Por meio de um vídeo postado hoje (14/01), o presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam), Mario Vianna, revelou que está recebendo diversos relatos sobre a falta de oxigênio em muitos hospitais por todo o Estado do Amazonas.

Segundo o médico, pacientes que precisam do gás estão sendo socorridos por profissionais de saúde. Vianna ainda enfatizou o caráter de emergência da situação que, segundo ele, já havia sido alertada às autoridades. “Transportar oxigênio de outros Estados em caráter de guerra é uma necessidade para se salvar vidas”, afirmou.

Desespero

Nas redes sociais, há muitos relatos e vídeos de familiares de pacientes que estiveram no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) e Policlínica Dr. José de Jesus Lins de Albuquerque, em Manaus, na manhã desta quinta-feira (14/01).

“Pelo amor de Deus, pessoal, nós estamos em uma situação deplorável, não tem oxigênio, acabou o oxigênio de toda uma unidade de saúde, nós não temos oxigênio aqui na Policlínica [José de Jesus Lins de Albuquerque] e tem muita gente morrendo. Quem tiver disponibilidade, por favor, traga [o gás]”, afirma uma internauta, em um vídeo que foi amplamente divulgado na internet em diversas páginas.

Assista ao vídeo com o pedido de socorro da internauta:

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutico, Farmácia Hospitalar, Covid-19

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS