A carreira do Farmacêutico Industrial

CONTEÚDO PREMIADO: Registre seus dados e concorra a um iPhone 8

O farmacêutico industrial tem uma das carreiras mais concorridas e valorizadas do mercado. Com o avanço das legislações do setor, a crescente preocupação com a qualidade dos produtos industrializados e a necessidade de aumento de produtividade industrial a carreira demanda, cada vez mais, investimentos em aperfeiçoamento profissional.

Perfil da carreira do farmacêutico na indústria

Apesar da excelente remuneração, esta carreira restringe a atuação do profissional ao meio industrial, e a competição é selvagem. A maioria das oportunidades está em Estados que possuem polos industriais, como São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Goiás e Pernambuco. Existem oportunidades mais isoladas em Brasília (DF), Manaus (AM) e Toledo (PR).

Ser farmacêutico industrial exige do profissional conhecimentos aprofundados de gestão industrial e ferramentas da qualidade, normas nacionais e internacionais de Boas Práticas de Fabricação, técnicas de controle de qualidade, gestão de projetos e processos e, principalmente, da legislação sanitária do setor.

Capacidade de negociação, aptidão para tarefas administrativas e algumas habilidades, como liderança e comunicação, são imprescindíveis, visto que estes profissionais assumem, muitas vezes, cargos de nível estratégico ou tático nas empresas onde atuam. Ter domínio da língua inglesa é imprescindível para acessar a literatura técnica da área, e o espanhol é um diferencial para quem pretende atuar na carreira.

O que faz

Na indústria farmacêutica, farmoquímica e cosmética, o farmacêutico:

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de produção;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de programação e controle da produção;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de registro de produtos;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de garantia da qualidade e de controle da qualidade;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de desenvolvimento de produtos;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento de desenvolvimento de embalagens;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao departamento comercial;

- dirige, gerencia ou executa atividades ligadas ao SAC;

- dirige ou gerencia o departamento de validação de processos;

- elabora fluxograma de execução para os processos de produção e controle de qualidade;

- recebe e acompanha auditoria sanitária;

- realiza auditorias no parque fabril para verificar o cumprimento das Boas Práticas de Fabricação;

- dirige, gerencia ou executa treinamentos em Boas Práticas de Fabricação;

- planeja e desenvolve estratégias que estejam de acordo com as exigências de Boas Práticas de Fabricação.

Onde atua

- Indústrias farmacêuticas, por exemplo: Libbs, Roche, Apsen, EMS, Teuto etc.

- Indústrias farmoquímicas, por exemplo: Blau Farmacêutica, Cristália, Nortec, Zoetis etc.

- Indústrias cosméticas, por exemplo: Galderma, Johson&Johson, Hypera Pharma, Loreal, Merck etc.

Faixa salarial

A faixa salarial do farmacêutico industrial CBO 2234-35, segundo pesquisa do Portal salario.com.br, fica entre R$ 4.093,65 (média do piso salarial 2019 de convenções coletivas e dissídios), R$ 4.669,00 (salário médio da amostragem) e o teto salarial de R$ 8.713,31, levando em conta profissionais contratados com carteira assinada, em regime CLT, em nível nacional. O salário inicial para um farmacêutico industrial recém-formado é de R$ 3.990,63, em média.

Transpondo esses números, não é difícil encontrar salários em nível tático que cheguem a R$ 15 mil, e outros de nível estratégico (gerência e diretoria) que atinjam R$ 40 mil.

Caso de sucesso

A farmacêutica industrial, dra. Luciana Ferreira Mattos Colli, atua na área desde 2006. Atualmente é gerente de Assuntos Regulatórios no Laboratório Químico Farmacêutico do Exército (LQFEX). Também é professora de assuntos regulatórios do ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico.

Luciana conta que começou sua carreira em empresas do varejo farmacêutico fazendo Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) e Autorização Especial de Empresa (AE), depois migrou para fabricantes, importadores e distribuidores de produtos para a saúde. Foi um longo caminho percorrido até atingir um cargo de gestão.

Segundo a farmacêutica industrial, no início de sua carreira não existiam muitos cursos de pós-graduação na área, então ela teve de aprender fazendo, lendo e estudando sozinha. “Era um grande desafio devido à complexidade dessa área de atuação. Mas, atualmente tenho uma carreira madura, ministro aulas de assuntos regulatórios, trabalho na indústria e presto consultoria”, fala ela.

Para quem quer seguir carreira nesse setor, a farmacêutica recomenda muita dedicação para estudar, desenvolver a própria capacidade de trabalhar em grupo e de gerir pessoas e processos.

Luciana afirma gostar dessa área desde quando cursava a faculdade. “Um dia, um pequeno empresário precisava do serviço e me convidou para fazê-lo. Na época, eu não tinha muita experiência, e ele, poucos recursos financeiros. Mas, abracei a oportunidade e acreditei no meu desempenho profissional, e isso me ajudou muito. Foi a partir dessa primeira experiência que adquiri conhecimentos novos e que me valeram muito. E foi a partir daí, também, que percebi que a área de assuntos regulatórios demanda conhecimento nos diversos setores das empresas”, afirma Luciana.

Como se preparar

O curso de graduação em Farmácia é imprescindível para quem pretende seguir carreira como farmacêutico industrial. A principal porta de entrada para essa carreira é o estágio, oferecido por praticamente todas as indústrias farmacêuticas. Para profissionais já graduados existe a possibilidade de ingresso em programas de trainee, oferecidos principalmente pelas indústrias multinacionais. Uma pós-graduação na área industrial é imprescindível para o exercício da função.

O ICTQ  oferece os cursos de Pós-graduação em Gestão e Tecnologia Industrial Farmacêutica, especialização em Gestão da Qualidade e Auditoria em Processos Industriais e Pós-Graduação em Controle de Qualidade na Indústria Farmacêutica. Além dos conteúdos específicos, os cursos contam também com aulas de conhecimentos multidisciplinares que mostram as atividades que impactam direta ou indiretamente a indústria farmacêutica.

Esses cursos são a tradição do ICTQ. Renomado no meio industrial, o Instituto construiu esses programas em parceria com as mais importantes indústrias farmacêuticas nacionais. As especializações contam com a participação de docentes com vasta experiência e vivência na indústria farmacêutica e têm sido a opção da maioria dos farmacêuticos industriais que obtiveram sucesso no mercado profissional.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS