A carreira do Farmacêutico Hematologista

CONTEÚDO PREMIADO: Registre seus dados e concorra a um iPhone 8

A carreira de farmacêutico hematologista abrange uma grande área das análises clínicas e é bastante demandada pelo mercado de trabalho.

Nos últimos anos ocorreu um aumento significativo na oferta de mão de obra qualificada para exercer atividades relacionadas às análises clínicas. Este fato se deu pelo ingresso de outros profissionais no mercado, como os biomédicos, tendo como consequência uma queda de remuneração para esta carreira específica. No entanto, a carreira de hematologista ainda representa importante campo de atuação para o profissional farmacêutico, inclusive em pequenas cidades, onde existe possibilidade de empreender na área, investindo na abertura de um laboratório de análises clínicas.

Perfil do farmacêutico hematologista

Ser um farmacêutico hematologista exige do profissional conhecimentos aprofundados em hematologia clínica e suas subclasses, tais como coagulação e imuno-hematologia, além de ter conhecimento nas áreas de química analítica e instrumental. Exige do profissional aptidão para tarefas analíticas, gestão de laboratórios e capacidade de concentração. O inglês pode ser um diferencial para essa carreira, principalmente por permitir o acesso a literaturas renomadas na área.

O que faz

Em laboratórios de análises clínicas:

- É responsável pelo processo de gestão do laboratório;

- Atua como responsável técnico geral do laboratório ou do setor de hematologia;

- É corresponsável de laboratórios de análises clínicas;

- Gerencia a qualidade;

- É responsável pela supervisão técnica, operacional e administrativa;

- Desenvolve programas de controle de qualidade interno e externo;

- Realiza e é responsável técnico pelas análises clínico-laboratoriais;

- Realiza análise sanguínea do paciente e correlaciona seu estado fisiológico com possíveis doenças;

- Avalia o sangue em relação às células que participam da resposta imune do indivíduo, como anticorpos e antígenos;

- Examina o sangue em relação aos processos de coagulação e de fibrinólise;

- Realiza exames onco-hematológicos, com o intuito de diagnosticar neoplasias sanguíneas;

- Realiza exames sanguíneos de indivíduos que desejam doar sangue, para garantir a segurança dos pacientes;

- Realiza exames sanguíneos direcionados, para garantir o sucesso de transplantes de medula; e

- Avalia o sangue, com foco em novos tratamentos.

Onde atua

- Laboratórios de análises clínicas particulares, por exemplo: Fleury, Cura, Delboni Auriemo, SalomãoZoppi, Focus etc.

- Laboratórios de análises clínicas públicos, no Sistema Público de Saúde.

Faixa salarial

De R$ 2.200,00 a R$ 9.000,00

Caso de sucesso

O farmacêutico hemoterapeuta, dr. Rondon Elias, lembra que o farmacêutico bioquímico é uma profissão quase que centenária. “É nossa a especialidade, apesar da concorrência com outras profissões. Espero que os novos profissionais a abracem, seja nas Análises Clínicas, na Hemoterapia (onde trabalho há 13 anos), na citologia oncótica, enfim, em todos os segmentos da especialidade, que ainda têm mercado”, ressalta ele.

Atualmente tem três empregos, dos quais um deles é o de farmacêutico bioquímico na hemoterapia no Hospital Ferreira Machado (RJ). “Próximo dos 60 anos, trabalho todos os dias da semana para conseguir encaixar os horários dos empregos. Muitos poderão achar um absurdo, mas a vida é feita de escolhas”, afirma ele.

Elias foi oficial farmacêutico do Exército, proprietário de Laboratório de Análises Clínicas durante quinze anos e é servidor público e privado. Ele se sente um profissional de sucesso e muito realizado com a profissão, na medida em que é reconhecido em seu meio e tem um bom padrão de vida. Ele quer passar um pouco de sua experiência para os novos farmacêuticos bioquímicos que estão chegando à profissão.

Em sua trajetória, ele conta que se formou na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 1983, como farmacêutico e, em 1984, obteve a habilitação em bioquímico (Análises Clínicas), pela UFRJ. Em 1985 entrou como tenente farmacêutico do Exército.

“Ao longo da carreira, após trabalhar muitos anos em hematologia, fiz pós-graduação na UFRJ (2000), em citologia oncótica, que abrangia também hematologia e colpocitologia. Acho que os meus principais desafios foram saber enfrentar o mercado e a concorrência com outras profissões. Acredito que com empenho e cursos de capacitação se torna menos difícil para se estabelecer”, comenta ele.

Como se preparar

O curso de graduação em Farmácia é imprescindível para profissionais que desejam seguir carreira de farmacêutico hematologista. A especialização Análises Clínicas é obrigatória.

O ICTQ - Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico possui o curso acima citado e é líder no mercado brasileiro em pós-graduação para farmacêuticos.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS