Astrazeneca compra Alexion por R$ 198,1 bilhões

Astrazeneca compra Alexion por R$ 198,1 bilhões

O laboratório britânico Astrazeneca anunciou a compra da empresa de biotecnologia norte-americana Alexion por US$ 39 bilhões (R$ 198,1 bilhões). Com a aquisição, o grupo britânico se consolida entre as dez maiores indústrias farmacêuticas do mundo, revelou O Globo.

Especializada em oncologia, tratamentos cardiovasculares e para doenças respiratórias, a Astrazeneca reforçará, com a Alexion, seu portifólio nas áreas de imunologia e de pesquisas sobre doenças raras. Isso apoiará a Astrazeneca atuar em áreas como o tratamento de doenças do sangue e em outras áreas mais lucrativas.

Medicamentos caros para doenças exóticas podem gerar bilhões em vendas de um grupo relativamente pequeno de pacientes. A aquisição de produtos que se concentram neles tem sido uma forma popular de grandes companhias farmacêuticas aumentarem as vendas nos últimos anos.

publicidade inserida(https://www.contabilizei.com.br/abrir-empresa/sao-paulo/?utm_source=kwanko&utm_medium=parceiro&utm_campaign=SP_Custo_Zero&utm_content=banner_novembro)

“É um passo importante na história da empresa”, revelou o CEO da Astrazeneca, Pascal Soriot, conforme O Globo. “É uma tremenda oportunidade para acelerarmos nosso desenvolvimento de terapias imunológicas”, completou.

A Alexion se especializou no desenvolvimento de medicamentos que inibem seletivamente os fatores imunológicos para combater doenças que envolvem o sistema de proteção do organismo. Um dos maiores êxitos da empresa é o Soliris, anticorpo monoclonal aprovado em vários países para o tratamento de doenças relacionadas ao sistema imunológico, como hemoglobinúria paroxística noturna.

Apenas com o Soliris, a empresa teve cerca de US$ 4 bilhões (R$ 20,3 bilhões) em receita de 2019. Mais recentemente, a Alexion lançou o Ultomiris, outro anticorpo monoclonal. A empresa anunciou planos em abril para conduzir testes em estágio final desse medicamento em pacientes gravemente enfermos com Covid-19, segundo apurou O Globo.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Conforme comunicado da Astrazeneca, os conselhos de administração das duas empresas aprovaram a fusão. Contudo, a operação ainda precisa das aprovações das agências reguladoras e dos acionistas dos dois grupos, que esperam finalizar a transação no terceiro trimestre de 2021.

Essa é a maior operação de fusão do setor desde o início da crise de saúde causada pela pandemia do novo coronavírus, e também o maior negócio realizado pela Astrazeneca – que desenvolve juntamente com a Universidade de Oxford uma vacina contra Covid-19 – desde que foi fundada em uma combinação de empresas britânicas e suecas em 1999.

Na transação, os acionistas da Alexion receberão US$ 60 (R$ 304,80) em dinheiro e cerca de US$ 115 (R$ 584,20) de patrimônio líquido por ação – tanto em ações ordinárias da Astrazeneca negociadas no Reino Unido quanto em American Depositary Shares realizadas em dólar, revelou a Agência Reuters. Com base em um preço médio de referência de ADR de US$ 54,14 (R$ 275), isso implica um preço total de US$ 175 (R$ 889) por ação.

A Astrazeneca custeará a aquisição com um mecanismo de financiamento de US$ 17,5 bilhões (R$ 88,9 bilhões) do Morgan Stanley, do JPMorgan Chase & Co e do Goldman Sachs Group Inc, informou O Globo.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Medicamentos, Indústria Farmacêutica

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS