EMS ganha destaque com marketing solidário em tempos de pandemia

EMS ganha destaque com marketing solidário em tempos de pandemia

Em tempos de pandemia, iniciativas solidárias têm gerado uma imagem bastante positiva na mídia e nas redes sociais, sejam elas realizadas por pessoas ou empresas. Nesse sentido, a indústria farmacêutica multinacional EMS tem desenvolvido ações solidárias que, consequentemente, resultam em um marketing bastante positivo para a companhia, pois, sem dúvida, denotam o entendimento do grupo sobre sua responsabilidade social.

São muitas as ações de marketing solidário desenvolvidas pela empresa. Na quinta-feira (23/04), a EMS divulgou à imprensa que irá doar 22 toneladas de alimentos às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade, por conta das consequências econômicas que impactam o País em meio à pandemia.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Segundo a empresa, os donativos deverão ser destinados, por exemplo, aos programas Fome de Música e Amigos do Bem, além de serem direcionados às instituições filantrópicas, como o Hospital de Amor, em Barretos (SP). Vale ressaltar ainda que, no aspecto divulgação do marketing solidário, a EMS tem sido visionária, já que está realizando as arrecadações e divulgando as doações por meio do patrocínio de lives de shows na internet, febre no momento, com alta audiência nas plataformas digitais.

No caso das 22 toneladas, por exemplo, as doações foram arrecadadas e divulgadas por meio das lives ‘Amigos’, com shows das duplas Chitãozinho & Xororó, Zezé Di Camargo & Luciano e Leonardo, na segunda-feira (20/04), além da dupla Sandy & Junior, com participação de Lucas Lima e Xororó, na terça-feira (21/04), ambas apresentações transmitidas pelo Youtube.

publicidade inserida(https://www.ephar.com.br/)

Outras iniciativas

No entanto, o marketing do bem da empresa não se restringe apenas à doação de alimentos. Recentemente, a indústria anunciou que doaria R$ 1 milhão ao Governo do Estado de São Paulo, para fins de aquisição de respiradores, monitores e insumos, que serão utilizados pela administração estadual para implementar unidades de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS).

EMS e doação de hidroxicloroquina

Em relação ao investimento em iniciativas científicas, em março de 2020, a EMS também foi notícia ao anunciar que seria responsável pelo fornecimento de 20.640 comprimidos de hidroxicloroquina (normalmente utilizado para tratamento de lúpus, artrite reumatóide e malária) e 5.160 de azitromicina (entre algumas indicações mais comuns estão o tratamento de otite média, faringite estreptocócica, pneumonia e outras). Além de doar os produtos, a empresa também disponibilizou mais de R$ 1 milhão às entidades de pesquisas, para a realização de estudos que envolvem esses fármacos.

Segundo o diretor médico da EMS, Roberto Amazonas, a empresa também é responsável pelos recursos de transporte desses medicamentos, já que existe uma maneira adequada para transportar fármacos: “Os recursos que doaremos serão utilizados para enviar os medicamentos aos hospitais, já que é necessário que o transporte seja feito de forma correta e também para contratar seguro que possa resguardar os envolvidos, além de remunerar parte dos pesquisadores”, destacou ele, em entrevista publicada no portal da TV Hortolândia.

Estudos não param

Atualmente, cerca de 60 centros de pesquisas em todo o Brasil estão envolvidos com os estudos clínicos promovidos pela EMS para o uso da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19. Ao todo,  participam da análise 1.050 pacientes. Essa iniciativa fez com que a farmacêutica se tornasse responsável pelo maior estudo com esse tipo de medicamento publicado na literatura mundial, segundo a própria companhia.

Para conseguir implementar a iniciativa, o laboratório brasileiro obteve a autorização da Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conep), órgão ligado ao Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Entre os centros de pesquisa que estão envolvidos com os estudos do medicamento, estão os hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Instituto do Coração (HCor), todos em São Paulo, além da Rede Nacional de Pesquisa Clínica de Medicina Intensiva.

Participe também: Grupo de WhatsApp para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS