5 principais pandemias da história

5 principais pandemias da história

A pandemia ocasionada pelo novo coronavírus (Covid-19) é uma situação que muitas pessoas não imaginaram que poderiam viver. Contudo, esse cenário já aconteceu antes, na história da humanidade, pois, não é a primeira vez que uma doença com alto potencial de disseminação se espalha e causa estragos em diversos países por todo o mundo.

Com base nisso, conheça cinco principais pandemias que assolaram o planeta, causando inúmeras mortes e contaminações em massa, segundo informação divulgada pela Revista Galileu.

Peste bubônica

Causada pela bactéria yersinia pestis, a peste bubônica pode se espalhar por meio do contato com pulgas e roedores infectados. Entre seus principais sintomas estão o inchaço dos gânglios linfáticos na virilha, na axila ou no pescoço, febre, calafrios, dor de cabeça, fadiga e dores musculares.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Historicamente, a doença ficou conhecida como a causadora da Peste Negra, que gerou pânico em toda a Europa no século 14, matando entre 75 milhões e 200 milhões de vítimas na antiga Eurásia. Estima-se que, no total, a praga possa ter reduzido a população mundial (daquela época) de 450 milhões de pessoas para 350 milhões.

Varíola

A varíola assombrou o mundo por mais de 3 mil anos, pois, sua transmissão, por meio do vírus orthopoxvírus variolae, acontecia de uma pessoa para outra, por vias respiratórias.

Entre os principais sintomas, os infectados tinham febre, seguida de erupções na garganta, na boca e no rosto. Felizmente, graças à campanha de vacinação em massa, a doença foi erradicada do planeta em 1980.

Cólera

Em 1817, aconteceu a primeira epidemia global de cólera, responsável por vitimar centenas de milhares de pacientes. A partir de seu surgimento, a bactéria vibrio cholerae sofreu muitas mutações, causando novos ciclos epidêmicos de tempos em tempos. Por isso, a doença ainda é considerada uma pandemia.

A transmissão acontece a partir da ingestão de água ou de alimentos contaminados, sendo que os casos mais comuns são notificados em países subdesenvolvidos. A exemplo dessa situação está o Haiti, que em 2010 foi duramente atingido pela doença.

No Brasil já houve vários surtos de cólera, principalmente em áreas com menos recursos do Nordeste. No Iêmen, em 2019, a doença levou mais de 40 mil pessoas à óbito.

Entre seus principais sintomas estão a diarreia intensa, cólicas e enjoo. Atualmente, existe uma vacina para a doença, entretanto ela não é 100% eficaz. Já o tratamento é realizado por meio de antibióticos.

Gripe Suína (H1N1)

O vírus H1N1, responsável por causar a popularmente conhecida gripe suína, foi o primeiro patógeno a causar uma pandemia no século 21. Após seu surgimento em porcos, em 2009, ele se disseminou em ritmo acelerado por outros países, matando cerca de 16 mil pessoas.

Em território nacional, o primeiro caso da doença foi confirmado em maio daquele ano, sendo que pouco mais de um mês após a notificação, 627 pessoas estavam infectadas no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde (MS).

Com contágio semelhante à Covid-19, a transmissão acontece a partir de gotículas respiratórias no ar ou em superfícies contaminadas. Já seus sintomas são semelhantes à gripe comum: febre, tosse, dor de garganta, calafrio e dores por todo o corpo.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutico, Farmácia Clínica, pandemia

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados).

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS