Moderna e governo dos EUA se desentendem por vacina contra Covid-19

Moderna e governo dos EUA se desentendem por vacina contra Covid-19

A indústria farmacêutica norte-americana Moderna tem tido atrito com cientistas ligados ao governo dos Estados Unidos devido a testes para a vacina contra a Covid-19. Administração do país está apoiando o projeto com quase US$ 500 milhões (R$ 2,67 bilhões).

O governo do presidente Donald Trump selecionou a Moderna como uma das primeiras para fazer testes de larga escala de uma vacina contra a Covid-19 em humanos. Mas a empresa – que nunca produziu uma vacina aprovada ou realizou um grande teste – vem se desentendendo com cientistas ligados à administração nacional a respeito do processo.

De acordo com três fontes cientes do projeto de vacina ouvidos pela Agência Reuters, a Moderna atrasou a entrega de protocolos de teste e resistiu ao conselho de especialistas sobre a maneira de conduzir o estudo.

Segundo essas fontes, tais tensões, que não haviam sido noticiadas anteriormente, contribuíram para um atraso de mais de duas semanas no início do teste da candidata a vacina da Moderna, agora esperado para o final de julho. A Moderna “poderia estar no prazo se fosse mais cooperativa”, disse dos entrevistados à Reuters.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Os desentendimentos provocaram receios a respeito da inexperiência da novata empresa de biotecnologia e do que as fontes descreveram como sua falta de pessoal e especialização para supervisionar a fase mais crítica dos testes com humanos.

Segundo as fontes ouvidas pela Reuters, o governo dos Estados Unidos não está enfrentando problemas semelhantes com farmacêuticas estabelecidas como AstraZeneca e Johnson & Johnson, que trabalham em outras candidatas a vacina.

A Moderna negou qualquer passo em falso de sua parte, mas admitiu “diferenças de opinião” com especialistas envolvidos no esforço de cumprir a promessa do governo Trump de encontrar uma vacina ainda em 2020 (lembrando que o presidente concorre à reeleição neste ano).

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

Normalmente, é necessário ao menos uma década para se desenvolver uma vacina, e muitas iniciativas sequer produzem uma. A Moderna assegura que tem uma equipe experiente que inclui pessoas que realizaram diversos testes de larga escala.

A empresa e outros desenvolvedores de vacina estão trabalhando com o Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH) e com a Food and Drug Administration (FDA), e também com redes de imunologistas e outros especialistas em vacinas encarregados pelo NIH de ajudar a supervisionar o projeto de testes.

Já o programa de vacinas Warp Speed (Operação Velocidade de Dobra Espacial) do governo norte-americano está aos cuidados do Departamento de Saúde e de Serviços Humanos (HHS) em parceria com outras agências, e as apostas não poderiam ser maiores – mais de 130 mil norte-americanos já morreram na pandemia, e a urgência por uma vacina só cresce agora que a taxa de infecção do coronavírus está aumentando em 39 estados, segundo a Reuters.

Participe também: Grupo de WhatsApp e telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Medicamentos, Indústria Farmacêutica, coronavírus

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS