Setor de eventos farmacêuticos se reinventa com a pandemia

Setor de eventos farmacêuticos se reinventa com a pandemia

Das Olimpíadas à Formula 1, passando pelos congressos corporativos e as conferências setoriais regionais, o setor de eventos foi profundamente afetado pelo isolamento social imposto pela Covid-19. Os Jogos Olímpicos ficaram para 2021 e Formula 1 se reinventa para conseguir realizar o campeonato ainda neste ano. Não é diferente no segmento farmacêutico. Os principais encontros da área foram transferidos ou se transformaram, outros simplesmente tiveram sua edição 2020 cancelada. 

Segundo levantamento do Sebrae, realizado em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc) e a União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe), a pandemia impactou 98% das empresas do setor – com a média de 12 eventos cancelados por empresa. Ao observar o faturamento esse abalo fica mais evidente. De acordo com a pesquisa, 62,5% dos entrevistados disseram que houve redução de 76% a 100% do faturamento em abril deste ano em comparação com o mesmo mês de 2019.

Diante desse cenário, para driblar os efeitos da crise, os empresários renegociam valores e prazos – 34% afirmaram na pesquisa terem devolvido o dinheiro para o contratante e 35% deles contam que conseguiram negociar crédito para utilizar futuramente. Além de rever os contratos, metade das empresas promoveu corte de custos com insumos e matérias-primas e 20% delas reduziram os valores com as concessionárias de energia e água. A maior parte das empresas colocou seus colaboradores para trabalhar remotamente, enquanto outras deram férias coletivas. Dos dirigentes ouvidos na enquete, 64% não pretendiam dispensar os funcionários nos três meses seguintes.

Eventos virtuais

Buscando soluções para sobreviver ao atual momento e visando a preparação para a retomada dos negócios no pós-Covid-19, as empresas de eventos ligadas ao setor farmacêutico optaram por soluções variadas. O congresso Consulfarma, o mais importante do segmento magistral, chega à sua 15ª edição, pela primeira vez, totalmente on-line.   

Além de virtual, o Consulfarma 2020 será mais longo que as edições anteriores – acontecerá entre 12 e 20 de setembro, como explica o diretor da Consulfarma Assessoria, Lucas Portilho. “Geralmente ele ocorre durante três dias seguidos, mas com a possibilidade de um grande número de participantes, aumentamos os dias e os cursos. Sabemos que os custos de deslocamento e a dificuldade de deixar a farmácia por vários dias dificultam a ida de muitos profissionais ao evento presencial. Isso não é mais um impedimento com o remoto e por isso decidimos por fazer um evento mais longo este ano.”

De acordo com Portilho, há mais de 60 cursos e palestrantes confirmados para este ano, divididos entre os pilares que a farmácia de manipulação mais atua, como nutrição, cosmetologia, medicina, veterinária e gestão e marketing. Todas as aulas serão por meio da plataforma EAD da Consulfarma. “Os temas são focados em prescrição de manipulados, novas fórmulas dermocosméticas, novos peelings e farmacotécnica.”

“Além disso, teremos o lançamento de cursos inovadores como o Sabores Magistrais, em que ensinamos como as farmácias podem manipular medicamentos e suplementos em veículos saborosos como gomas, chiclete, pirulito e sopa. Outro lançamento são os inéditos softbars, primeiros sabonetes em barra com pH extremamente ácido”, acrescentou.

O evento também conta com uma feira de negócios, que neste ano também será on-line Nele as empresas irão expor lançamentos, novos ativos, tendências no mercado, produtos industrializados, embalagens, softwares. “A inovação na feira será a inclusão de estandes virtuais. O visitante poderá interagir em tempo real com o expositor. Poderá baixar materiais, assistir aulas gratuitas, tudo por meio de uma plataforma super intuitiva”, diz Portilho.

De acordo com o diretor da Consulfarma, na versão física do congresso o público girava em torno de 11 mil visitantes e a expectativa é que a versão on-line tenha números mais expressivos. “Pela experiência que tenho vivenciado nos meus cursos desde que a pandemia começou, percebi um aumento além do esperado nas aulas. Além disso, existem outras restrições, como a questão da distância, passagens aéreas e hospedagens caras, sendo que 90% das farmácias de manipulação no Brasil têm até dez colaboradores. Raramente os profissionais dessas farmácias têm a oportunidade de ir para São Paulo. Agora tudo ficou mais próximo, as empresas podem inclusive reunir a equipe na própria farmácia e assistir a um curso todos juntos”, acredita Portilho.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/)

Adiamento e cancelamento

Outros dois eventos importantes do setor, a FCE Pharma e a FCE Cosmetique, foram adiados para o segundo semestre, entre 7 e 9 de outubro. De acordo com a NürnbergMesse Brasil, organizadora das duas feiras, a mudança visa à preservação da segurança dos participantes e a garantia de uma exposição de qualidade quando a pandemia acabar.

“Apesar de difícil, acreditamos que esta foi a melhor e mais prudente decisão, visando à integridade, segurança e saúde dos participantes e funcionários. Em um cenário de incertezas e pessoas evitando sair de casa, manter a data em junho seria irresponsável de nossa parte. Ainda vale mencionar que neste mês é inverno, período de maior propagação de vírus e doenças, como a Covid-19”, explica o CEO da promotora alemã, João Paulo Picolo.

Segundo a NürnbergMesse Brasil, as atrações do evento serão mantidas na nova data, como o novo Fórum WNTC, sobre Cannabis medicinal, na FCE Pharma, e o Innovation Center, espaço da FCE Cosmetique, voltado a palestras e apresentações de soluções de matéria-prima. A empresa afirma ter negociado para manter os eventos ainda este ano e evitar que o mercado ficasse sem uma plataforma de negócios e networking que envolvesse a cadeia produtiva cosmética e farmacêutica. “A nova data será uma ótima oportunidade de promover negócios já pensando em um crescimento para 2021”, revela Picolo. 

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Em outra direção, o Conselho Federal de Farmácia (CFF) optou por cancelar a segunda edição do Congresso Brasileiro de Ciências Farmacêuticas (CBCF) que aconteceria em novembro deste ano. O evento foi adiado para 2021, para data ainda a ser definida. Segundo o CFF, as inscrições nem chegaram a ser abertas, por conta da imposição do isolamento social. Segundo o CFF, o CBCF é o maior congresso farmacêutico das Américas. Em sua primeira edição, em 2017, reuniu 4 mil congressistas em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Vale observar que a segunda edição do CBCF já havida sido adiada antes. Em fevereiro deste ano, durante a reunião plenária do CFF, o presidente da entidade, Walter Jorge João, afirmou que, embora o planejamento anterior tenha sido baseado na realização do congresso em Belém (PA), foi necessário rever os planos. Em primeiro lugar porque, segundo ele, não seria conveniente acontecer em meio ao período de eleições. Já o segundo motivo se deve ao fato de Belém ter apenas uma empresa capacitada para realizar um congresso daquela magnitude. Só que essa firma enfrentava, segundo o presidente do CFF, problemas com certidões negativas. Sendo assim, “ficaria muito mais barato continuar realizando o congresso em Foz do Iguaçu, no mesmo local que foi realizada a primeira versão”, afirmou na época.

Outro congresso que teve a edição 2020 cancelada foi o do Conselho Regional de Farmácia do Pará. Segundo o presidente da regional, Daniel Costa, está sendo analisada uma nova data para o evento no próximo ano.

Participe também: Grupo para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutico, Marketing Farmacêutico

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS