Portal do Aluno Portal do Aluno

Farmacêutico na Nova Zelândia tem salário de R$ 20 mil

A Nova Zelândia é um país da Oceania, no sudoeste do Oceano Pacífico, formado por duas grandes ilhas principais (Ilha do Norte e Ilha do Sul) e por numerosas ilhas menores.

O país fica num ponto isolado do planeta, a dois mil quilômetros da Austrália, com área de 268 mil km². A maioria de sua população (cerca de 4,5 milhões) tem ascendência europeia (67,6%), sobretudo britânica. Sua renda per capita é de quase US$ 35 mil.

Para se ter uma ideia da pujança do país, vale citar que a Nova Zelândia é um dos países mais desenvolvidos e industrializados do mundo, e que tem altos índices de desenvolvimento humano, qualidade de vida, expectativa de vida, alfabetização, educação pública, falta de corrupção, entre outros.

A farmacêutica, Amy Chan, é formada na Nova Zelândia. Ela chegou a trabalhar no varejo farmacêutico daquele país, mas mudou-se para o reino Unido e atualmente é pesquisadora da Fundação Scientista, na Universidade de Cambridge (Massachusetts). É ela quem contou detalhes sobre a profissão e forneceu os contatos nos órgãos oficiais para a busca dos dados que estão compondo este artigo. Acompanhe:

1 – Regulamentação do setor farmacêutico

A Medsafe é a Autoridade de Segurança de Medicamentos e Dispositivos Médicos da Nova Zelândia (www.medsafe.govt.nz). É responsável pela regulamentação de medicamentos no país.

2 - Perfil das lojas

As lojas podem ser apenas estabelecimentos de saúde ou uma drugstore com um local específico para a dispensação de medicamentos e o atendimento ao púbico.

De qualquer um desses casos, os medicamentos estão localizados, dentro da área da farmácia, de acordo com sua classificação. Os medicamentos que ficam ao alcance da população são os destinados a problemas simples, como alguns analgésicos. O restante fica armazenado de forma segura.

A farmácia no país tem foco em pessoas (orientação de uso racional) e em medicamentos (fabricação/manipulação e dispensação). A principal preocupação da farmácia é garantir que o paciente receba os medicamentos apropriados e se beneficie do seu uso.

Existem mais de 900 farmácias na Nova Zelândia e elas são uma parte essencial do sistema de saúde do país. Mais de 50 milhões de prescrições para medicamentos são dispensadas a cada ano, fora medicamentos isentos de prescrição médica.

3 - Prescrição de medicamentos

O farmacêutico pode prescrever na Nova Zelândia apenas em unidades de saúde básicas, e com uma formação especial para isso. O acesso ao médico é fácil, por isso são esses profissionais que geralmente fazem a prescrição.

A maioria dos farmacêuticos emprega técnicos de farmácias para ajudá-los a dispensar medicamentos prescritos. Os técnicos de farmácia detêm um certificado reconhecido e sempre trabalham sob a supervisão de um farmacêutico. Já os assistentes de farmácia trabalham no lado do varejo da farmácia. Eles geralmente são o primeiro ponto de contato com os clientes.

4 - Propriedade da farmácia

Não há a necessidade de o farmacêutico ser o proprietário de farmácias na Nova Zelândia. Por conta disso, há grandes redes atuando no país. A Green Cross Health é uma das maiores e possui cerca de 350 farmácias comunitárias em toda a Nova Zelândia sob as marcas Unichem e Life Pharmacy. Além disso, detém participações em mais de 80 farmácias. Para se ter uma ideia da potência da Rede, vale lembrar que todos os anos seus farmacêuticos dispensam mais de 31 milhões de produtos.

5 - Presença do farmacêutico

A presença do farmacêutico no ambiente de dispensação e serviços é obrigatória durante todo o período de funcionamento da farmácia. No entanto, ele só pode atuar como farmacêutico após obter a graduação de quatro anos de estudos clínicos e profissionais e mais um estágio de um ano dentro do programa de treinamento Interno da Sociedade Farmacêutica da Nova Zelândia (www.psnz.org.nz).

6 - Remuneração do farmacêutico

Farmacêuticos com mais de cinco anos de experiência geralmente ganham de NZD$ 75 mil (172 mil) a NZD$ 105 mil (R$ 240 mil) por ano. Farmacêuticos com até cinco anos de experiência geralmente ganham de NZD$ 45 mil (R$ 103 mil) a NZD$ 75 mil (172 mil) por ano. As chances de conseguir um bom emprego como farmacêutico na Nova Zelândia são boas devido ao aumento da demanda por seus serviços.

Apenas a título de curiosidade, os técnicos de farmácia qualificados geralmente ganham entre NZD$ 42 mil (R$ 96 mil) e NZD$ 56 mil (R$ 128 mil) por ano, e são necessários dois anos de treinamento. Já os técnicos de farmácia estagiários ganham entre NZD$ 36 mil (R$ 82 mil) e NZD$ 42 mil (R$ 96 mil) por ano.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3943-1157

Whatsapp

  • (62) 99473-1495

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua Tobias Barreto, nº 803, Mooca, São Paulo - SP.

CEP: 03.176-000

Telefone: (11) 2607-6688

Fale conosco