Suplemento que reduz fadiga em atividade física é liberado pela Anvisa

Suplemento que reduz fadiga em atividade física é liberado pela Anvisa

No início do mês, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou a beta-alanina para o mercado nacional, conforme a Resolução 4.502, publicada no Diário Oficial da União em 9 de novembro, revelou o Viva Bem do Uol. O principal benefício da substância é retardar a fadiga muscular em esportes intensos e de curta duração.

Além de proporcionar melhor desempenho nos treinos, a beta-alanina atua na recuperação depois da atividade e, principalmente, na diminuição da fadiga durante a prática. Mas para que tenha efeito, o suplemento traz mais resultados para quem pratica atividades físicas de alta intensidade e curta duração, como corridas de 100 m a 1.500 m e natação de 200 m, entre 30 segundos e 10 minutos.

Por outro lado, não há evidências científicas de que o suplemento melhora o desempenho no treinamento de força tradicional (musculação). A substância também não apresenta benefícios para atletas de atividades de longa duração (corrida de rua, ciclismo de estrada), já que esses exercícios são feitos em intensidade moderada e envolvem outros mecanismos fisiológicos que levam à fadiga muscular.

Mesmo antes de da liberação da Anvisa, o suplemento de beta-alanina já havia se tornado popular por atletas e praticantes de atividades desportivas. Antes, sem a aprovação do órgão regulador, muitos brasileiros compravam o suplemento nas farmácias de manipulação ou em sites internacionais, com o risco de consumir um produto de origem desconhecida.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Para o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Suplementos Nutricionais e Alimentos para Fins Especiais (Brasnutri), Synésio Batista da Costa, a nova medida traz mais segurança para o consumidor e à saúde pública.

“De acordo com os procedimentos da própria Anvisa, até que a lista positiva de ingredientes para suplementos alimentares seja novamente atualizada pela Agência, somente as empresas que estiverem associadas à Brasnutri poderão utilizar e comercializar a beta-alanina”, revelou Costa ao Viva Bem.

publicidade inserida(https://sibrafar.com.br/)

Efeitos adversos

A beta-alanina é um aminoácido produzido naturalmente pelo fígado que, juntamente com o aminoácido L-histidina, participa da formação da carnosina, substância que modula o pH das células musculares, adiando a fadiga muscular. Na prática, o suplemento eleva os níveis de carnosina, retardando aquela sensação de queimação que surge ao correr em alta velocidade e contribuindo para o desempenho físico do atleta, conforme mostra estudo publicado no periódico British Journal of Sports Medicine.

Mas como todo produto há pontos negativos. A beta-alanina pode causar formigamento na pele (efeito chamado de parestesia) se a pessoa ingerir doses a partir de um grama do suplemento. A reação dura cerca de 30 minutos e pode ser desconfortável, mas costuma ser transitório e não traz qualquer prejuízo à saúde.

Os especialistas alertam que, para o uso de suplementos alimentares, as pessoas devem procurar orientação de um profissional habilitado, pois o tipo de suplementação e a quantidade recomendada varia de acordo com de cada indivíduo. Na hora de escolher um suplemento algumas questões precisam ser observadas pelo consumidor, entre elas se há aprovação da Anvisa, verificar a origem do produto com a loja ou vendedor e evitar suplementos de origem clandestina.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutico, Medicamentos, ANVISA

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS