Filme vai contar a história do medicamento Viagra

Filme vai contar a história do medicamento Viagra

Famoso por produzir filmes que falam sobre a experiência de ser negro nos Estados Unidos, o diretor norte-americano Spike Lee irá mudar de gênero cinematográfico e encarar um novo desafio em sua carreira, pois, ele vai fazer um filme musical sobre o medicamento Viagra, popular em todo o mundo por ajudar homens que sofrem com disfunção erétil.

O filme deve despertar o interesse de muitos profissionais que trabalham com medicamentos, como farmacêuticos, por exemplo, pois, seu enredo promete abordar a história da famosa pílula azul e como o fármaco foi bem aceito no mercado.

Ainda sem título, o roteiro da trama foi desenvolvido com base em um artigo publicado em 2018 pela revista Esquire, intitulado 'Todos de Pé', segundo informação divulgada pelos produtores na terça-feira (17/11).

Já as canções da obra serão escritas pela dupla responsável pelo musical 'Passing Strange', que fala sobre a experiência de autodescoberta de um artista negro. "Finalmente, chegando em minha quarta década como cineasta eu irei dirigir um musical dançante e cantante, destacou Lee, em nota à imprensa.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

O Viagra

Vale ressaltar que o Viagra foi desenvolvido originalmente para tratar dores torácicas relacionadas aos problemas cardíacos, além de pacientes com hipertensão. No entanto, a partir dos primeiros testes clínicos, os homens descobriram rapidamente um efeito inesperado: a melhora de suas ereções.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

Até meados de 2018, cerca de 65 milhões de prescrições de Viagra já tinham sido emitidas, de acordo com o portal Gaúcha ZH. O fármaco foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), agência americana responsável pela liberação de medicamentos, em 27 de março de 1998, tornando-se o primeiro comprimido a ajudar os homens a ter ereção.

Vale reforçar que apesar de sua popularidade, a famosa pílula azul deve ser utilizada com cautela, pois, tem contraindicações. Por isso, o adequado é que seu uso seja feito com indicação médica e com orientação do farmacêutico.

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Farmacêutica, Medicamentos, Farmácia Clínica

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS