Como é trabalhar nas Farmácias Nissei

Para as Farmácias Nissei, o farmacêutico é um profissional altamente qualificado, com conhecimento técnico/científico e habilidades para a promoção da saúde na sociedade. É um profissional habilitado para indicar um medicamento para uma doença recorrente, assim como alguns analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios ou fitoterápicos, os MIPs, e que representam boa parte das vendas nas farmácias. É importante lembrar que, em meio aos profissionais da saúde, o farmacêutico é o mais acessível à população. Sempre está disponível nas farmácias para que o paciente receba o medicamento adequado à sua necessidade, na dose correta, durante o tempo necessário e no menor custo possível.

Defendendo esse propósito, as unidades das Farmácias Nissei caracterizam-se pela diversidade de produtos e pela disponibilidade de farmacêuticos qualificados que promovem o melhor atendimento profissional. A rede é a sétima maior do setor no Brasil e atua no mercado há 31 anos. Com um faturamento de R$ 1 bilhão/ano a meta declarada para 2020 é dobrar de tamanho – em faturamento e número de unidades –, passando do sétimo para o quinto lugar no ranking nacional do varejo farmacêutico. Nada mau para um empreendimento relativamente novo, cujo fundador se mantém em plena atividade. Somente em 2018 a empresa investiu R$ 40 milhões em 30 inaugurações e na renovação de unidades existentes. Os recursos foram próprios.

O que a empresa exige

Para trabalhar na Nissei, o farmacêutico deve ter conhecimento em farmacovigilância, assuntos regulatórios, e controle de psicotrópicos. O farmacêutico realiza leitura e interpretação de receitas médicas, odontológicas e veterinárias; aplica injetáveis; atende aos clientes no salão, auxiliando e orientando; realiza venda de produtos; mantém a limpeza e a organização das sessões; e confere e guarda mercadorias.

A empresa oferece, além do salário, vale transporte, seguro de vida e vale refeição a partir da data de contratação. Após os três primeiros meses de trabalho, a Nissei passa a oferecer assistência médica e odontológica e convênio farmácia. Após o primeiro ano de contratação, o colaborador também pode concorrer a vagas para receber auxílio educação. Os salários podem variar de uma cidade para outra.

Como a Nissei é vista no mercado

A empresa possui 250 unidades localizadas nas principais cidades do Paraná, atua também em São Paulo e Santa Catarina, gera mais de cinco mil empregos diretos, atende mensalmente a mais de 3,5 milhões de clientes e leva muito a sério a humanização e o relacionamento com o cliente. Com isso, ela aparece nos principais rankings de melhores empresas para se trabalhar. No mais renomado deles, o Great Place to Work, a Nissei foi lembrada em 2016 e 2017.

A rede aparece também no ranking de consulta da Infojobs sobre a classificação das melhores empresas para trabalhar no Brasil. No site é possível consultar 743 avaliações sobre a empresa. Esse ranking é atualizado mensalmente.

Assim, na plataforma Infojobs, a pontuação média da Nissei é de 4,2 pontos, de um total de 5 pontos. Foram avaliados os quesitos: Oportunidade de Promoção (3,9), Conciliação com a Vida Familiar (3,8), Ambiente de Trabalho (4,0) e Benefícios (3,8). Cerca de 91% dos profissionais dizem que indicariam a Nissei para um amigo e 81% aprovam a diretoria, com base em 303 avaliações.

A Infojobs criou um comparativo salarial médio, de acordo com as remunerações informadas no Portal. Na lista das 31 empresas, dez são do varejo farmacêutico, lideram o ranking Raia Drogasil (R$ 4.161/mês), Farmácias Pague Menos (R$ 4.124/mês), e em terceiro lugar as Farmácias Nissei (R$ 3.745/mês). Na rede, o farmacêutico pode ser contratado para dois setores: Operador Farmacêutico, que chega a receber um salário no valor R$ 3.453/mês; e Farmacêutico Responsável, R$ 3.745/mês. Essas informações são baseadas em 275 salários postados e foram fornecidas ao portal Infojobs pelos profissionais que o acessam.

Já segundo o site de oportunidades profissionais, Love Mondays, a satisfação geral dos funcionários com a companhia é de 3,1 pontos, de um total de 5 pontos, com base em 120 avaliações. Essa pontuação considera a média de pontos obtidos em Remuneração (3,2) e Benefícios (3,2), Oportunidade de Carreira (3,6), Cultura da Empresa (3,5) e Qualidade de Vida (2,4). No portal, a média salarial do farmacêutico fica em torno de R$ 3.555, com base em 82 salários postados. E entre os profissionais que já trabalharam ou trabalham na empresa, 76% a recomendariam a um amigo.

No site Indeed, outra plataforma de classificados de carreiras e empregos, a rede possui 24 avaliações. Sobre Equilíbrio entre Trabalho e Vida Pessoal a companhia é classificada com uma pontuação de 3,7; Salários e Benefícios, 3,8; Estabilidade e Promoção, 3,7; Gerência, 3,9; e sobre a Cultura da empresa a pontuação é 3,8.

As plataformas digitais de classificados de emprego, como Love Mondays, Indeed e Infojobs, ajudam os profissionais a identificar pontos positivos e negativos nas empresas brasileiras. A favor da Nissei estão pontos como pagamento do salário em dia, treinamentos, plano de saúde e odontológico, vale refeição, pagamento de horas extras, possibilidade de ganhos extras por meio de metas atingidas, equipe unida, plano de carreira e valorização do funcionário por parte da empresa, com premiações e bonificações.

Pesam contra a Nissei, a carga horária excessiva, não reconhecimento dos colaboradores, desvio de função, falta de liberdade criativa, falta de motivação e melhorar a comunicação interna.

O farmacêutico K.L.G., de 36 anos, de Curitiba (PR), conta que trabalhou na Nissei durante cinco anos e reclamou que durante todo esse período nunca houve reajuste no salário e nem no vale refeição. “Receber R$ 160,00 reais de vale refeição ao mês chega a ser uma piada, sem contar que vai totalmente contra a convenção coletiva do SINDIFAR-PR, que estipula um valor de R$ 400,00. Total descaso com os funcionários e quando questionados fingem não saber de nada. Eu não vou negar que valeu muito enquanto experiência profissional, mas no fim, só isso”.

Já o farmacêutico H.L.M, de 28 anos, também de Curitiba (PR), trabalhou na rede durante um ano e meio e considera que os benefícios oferecidos são normais de uma empresa de médio porte. “Poderia ter melhores salários, de acordo com o mercado, horários mais flexíveis e folga com frequência nos finais de semana”. Porém, ele conta que durante o período em que ele trabalhou na Nissei, ele adquiriu uma experiência extraordinária, que vai além do que é ensinado na faculdade. “Lidar na linha de frente do varejo farmacêutico é outra realidade, claro que meu conhecimento acadêmico somou muito, mas a realidade te agrega muito valor. Já tive casos de atendimento farmacoterapêutico em que salvei vidas, orientações que mudaram a rotina e o ritmo de vida de pacientes que chegaram na farmácia fazendo uso incorreto de medicações perigosas. Então, reconheço que temos que tirar proveito das oportunidades e crescer. Eu saí porque recebi uma proposta de trabalho em outra farmácia com uma remuneração melhor, mas atuar na Nissei foi muito bom para minha carreira”.

A farmacêutica B.N.L., de 30 anos, de São José (SC), trabalhou na rede durante dois anos e meios, ela relata que trabalhava com uma equipe unida, que a empresa é flexível para trocas de horários e folgas. Porém, segundo ela, o Prêmio Produtividade (PP) que anteriormente era pago mensalmente, passou a ser semestral e com valor muito reduzido. Segundo ela, o profissional farmacêutico não é valorizado e com as últimas alterações da empresa, foi deixado de lado, quase sem oportunidade de crescimento. “Os farmacêuticos que exerciam a função de RPL tiveram a gratificação cortada, pois a função deixou de existir, mesmo com as suas respectivas atribuições ainda sendo realizadas. É preciso repensar alguns processos dentro das unidades e valorizar os profissionais”.

O que diz a empresa

Em nota, a empresa diz que a Nissei tem como objetivo o programa de sucessão, em que os líderes têm por obrigação trabalhar seus colaboradores para o crescimento profissional. E, para incentivar isso, a Nissei oferece aos funcionários aprendizagem necessária para aperfeiçoar suas equipes em busca de bons resultados, estimando a valorização, disponibilizando treinamentos frequentes e especializados para o auxílio financeiro e contínuo. A empresa sabe valorizar o esforço dos funcionários, aprimorando seus horizontes por meio do estudo.

Investimentos, serviços e diferencial

A Rede foi responsável por introduzir o conceito Drugstore no mercado paranaense, e oferece ao Estado o maior número de farmácias 24 horas. Em 2017 a rede focou em dar mais um passo importante e marcar a história do mercado farmacêutico brasileiro. Foi implantado um novo conceito de atendimento ao cliente, por meio do Processo de Treinamento Contínuo, que busca garantir a excelência, superar expectativas e oferecer uma experiência de compra incrível, tornando-se referência no segmento e transformando a Nissei em um grande case de sucesso.

A Rede ainda conta com o programa Clube da Melhor Idade, na qual aposentados, pensionistas ou quem tem mais de 55 anos desfrutam benefícios que vão desde descontos exclusivos até a promoção de atividades sociais com foco na saúde e bem-estar. “Esse é um projeto de mais de 20 anos, que tem o intuito de retribuir a preferência desse público pela marca Nissei. Hoje, o Clube já conta com mais de 500 mil associados ativos que frequentam mensalmente as lojas”, frisa o presidente da empresa, Sérgio Maeoka.

O processo de preparação para o atual momento começou em 2014. Enquanto alguns varejistas apostavam alto na Copa, Maeoka reduziu sua rede naquele ano para investir alto em logística, construindo o centro de distribuição Nissei no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, onde também funciona a administração central da rede. Isso fez com que no ano seguinte, a Nissei estivesse pronta para crescer, enquanto outras redes começaram a diminuir, frente à crise econômica nacional.

Apostando cada vez mais no conceito internacional de drugstore, e tendo como benchmarking as redes CVS e Walgreens, a Nissei investe na ampliação da área de autosserviço desde 2016, com um mix maior de produtos de conveniência. A proposta desse modelo de negócio é oferecer a maioria dos produtos que atendam às necessidades do dia a dia do consumidor.

De forma gradativa e programada, de acordo com o perfil do consumidor de cada loja, a Nissei oferece alimentos semiprontos, pequenas utilidades domésticas e até material de limpeza. “Queremos ser referência, não apenas em medicamentos e atendimento, mas em comodidade para o consumidor que gosta de ter tudo que precisa em um só lugar”, explica o presidente da Nissei.

Para comunicar o novo modelo de atendimento, a Nissei adotou o slogan “Se faz bem, a gente tem” em sua campanha institucional de 30 anos. “Esse slogan sintetiza exatamente o que queremos oferecer aos nossos clientes. Nossa proposta é simplificar a vida dos consumidores, oferecendo uma experiência diferenciada de varejo, com produtos que contribuam para a qualidade de vida dos nossos consumidores”, destaca Maeoka.

A Nissei possui também uma série de diferenciais como, por exemplo, os Serviços Avançados Nissei (SAN) - que é extensivo a todos os clientes -, que conta com exames laboratoriais, controle de diabetes, colesterol, peso, hipertensão, revisão da medicação e também o programa de auxílio para dependentes do tabagismo. Segundo Maeoka, esse é um projeto novo, criado para ampliar a comodidade ao cliente, além de retomar o papel do farmacêutico na difusão de importantes informações ao paciente.

História da Nissei

A história do empresário Sérgio Maeoka pode ser parecida com milhares de farmacêuticos brasileiros. Ele saiu do interior do Paraná para tentar a sorte grande na cidade. A primeira farmácia que ele abriu iniciou-se com uma pequena clientela, que o fundador da Nissei tratava com muita atenção e cuidado. Durante o dia, Sergio Maeoka trabalhava na farmácia e no período da noite ajudava os pais na pastelaria da família.

Hoje, quem vê a marca Nissei tão forte e bem estabelecida, com mais de 250 farmácias nos Estados do Paraná, São Paulo e Santa Catarina, não imagina a dificuldade dos primeiros anos. A empresa nasceu em 1986, com uma pequena farmácia de 40 metros quadrados. “Quase quebrei umas dez vezes, mas com persistência, dedicação e apoio da minha família, consegui superar cada um dos obstáculos que se apresentaram na minha vida”, destaca Sérgio Maeoka.

Em 1991, ele já inaugurou sua segunda farmácia em Curitiba e, dois anos depois, mais outra. Em 1998, já eram 30 lojas da marca. A expansão para o interior do Paraná veio nos anos 2000, com farmácias em Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Paranaguá. Em 2005, com 60 lojas, a rede se consolidou como líder do mercado paranaense, posição que ocupa até hoje.

Cinco anos depois, foi a vez de atender aos catarinenses, iniciando pelas cidades de Joinville e Itajaí. Em 2012, a Nissei entrou no mercado paulista, inicialmente com lojas em Lins, Bauru e Marília. “Foi uma longa jornada, com altos e baixos. Colhemos os frutos de todo o trabalho desenvolvido e, hoje, estamos com crescimento anual de cerca de 15%”, comemora Maeoka.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

 

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS