Pandemia: Roche e Merck firmam acordo com União Europeia para fornecer medicamentos

Pandemia: Roche e Merck firmam acordo com União Europeia para fornecer medicamentos

As indústrias farmacêuticas, Roche e Merck KGaA, fizeram acordos com a Comissão Europeia para garantir o fornecimento de medicamentos que estão sendo utilizados, em caráter experimental, no tratamento de pacientes com o novo coronavírus (Covid-19).

As parcerias foram criadas para o medicamento para artrite RoActemra, da Roche, além do Rebif, da Merck, que é indicado para o tratamento de esclerose múltipla. Contudo, não foram divulgadas as condições estabelecidas para esse acordo, segundo o UOL.

Os dois fármacos atingem as proteínas no corpo, aquelas que são associadas às inflamações. Nesse sentido, há expectativas de que essas substâncias possam ajudar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, que estejam em estado grave, principalmente, no caso de pessoas que sofrem de reações do sistema imunológico, quadro que pode levar à falência dos órgãos e, consequentemente, ao óbito da pessoa.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

De acordo com o veículo, a Roche está realizando muitos testes com o RoActemra. Esse produto ainda está sendo avaliado na terapia em associação ao remdesivir, que já foi, inclusive, autorizado no tratamento emergencial contra a Covid-19 por agências reguladoras de diversos países, como no caso do Food and Drug Administration (FDA), que aprovou o uso nos Estados Unidos, por exemplo, e o Ministério da Saúde do Japão, que também liberou a substância naquele país.

Ainda segundo informação divulgada à imprensa, serão garantidos esses medicamentos para qualquer um dos 27 estados membros da União Europeia, que estejam interessados na compra desses produtos.

Outros investimentos

Além da corrida por medicamentos eficazes contra o novo vírus, a Roche também tem investido no segmento de testes. Em maio de 2020, a empresa recebeu a aprovação do órgão regulador americano, FDA, para realizar o seu teste sorológico que, segundo a companhia, consegue identificar se uma pessoa já foi exposta ao novo coronavírus e produziu anticorpos contra a doença.

publicidade inserida(https://www.ictq.com.br/pos-graduacao)

De acordo com a indústria farmacêutica, o grande diferencial do seu exame é que o método possui 99,8% de taxa de acerto em casos de resultados positivos.

Nesse sentido, vale ressaltar que a grande maioria dos testes rápidos disponibilizados, atualmente, apresenta uma taxa de erro de até 70% em casos de resultado negativo.

Como funciona

O organismo humano produz defesas em resposta contra diversas doenças. No caso do novo coronavírus, a Roche explica que os testes precisam ter a capacidade de detectar, especificamente, anticorpos de combate ao SARS-CoV-2 (que causa a Covid-19) sem reatividade cruzada com outros vírus semelhantes membros da mesma família, que podem gerar um falso resultado e, consequentemente, indicar que o paciente produziu uma imunidade que não existe.

Sendo assim, o laboratório suíço garante que seu teste, que funciona por meio de uma simples amostra de sangue, é capaz de detectar os anticorpos desenvolvidos pelo sistema imunológico em resposta ao SARS-CoV-2.

Participe também: Grupo de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Veja mais materias sobre:

Medicamentos, Indústria Farmacêutica, coronavírus

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS