Lima Duarte denuncia fake news para promover medicamento em seu nome

Lima Duarte denuncia fake news para promover medicamento em seu nome

Aos 90 anos, o ator da rede Globo, Lima Duarte, usou seu perfil no Instagram para denunciar uma propaganda de medicamento que estaria usando seu nome indevidamente e de maneira enganosa. Segundo o veterano, ele nunca indicou o uso do suposto fármaco e não participou de nenhuma campanha para promover o uso do produto.

“É mentira! Estão vendendo uma porcaria usando o meu nome. Pesquisem e se informem!”, escreveu Lima na legenda de um vídeo postado na sua rede social.  Já nas imagens, o ator desabafa: “São ladrões, safados, ladrões! Eles não falam comigo, eles estão roubando meu nome, uma carreira de 70 anos, para vender essa porcaria! Se fazem isso comigo, imagina o remédio que eles fazem?”, afirma o artista, visivelmente irritado com a situação.

Receba nossas notícias por e-mail: Cadastre aqui seu endereço eletrônico para receber nossas matérias diariamente

publicidade inserida(https://emailmkt.ictq.com.br/anuncie-no-ictq)

Ele continuou: “Toma essa porcaria que você vai ver o que acontece com você. Ladrões! Não recomendo comprimido nenhum. É mentira! É roubo! São ladrões! É uma quadrilha de bandidos que faz isso”, disse Lima.  

Nos comentários, alguns internautas relataram, inclusive, que parentes quase teriam caído no suposto golpe após ver a imagem do ator promovendo o possível medicamento. “[Minha avó] me pediu para eu comprar um remédio que ajudava na circulação, nos ossos etc. E veio me dizer que o senhor ficou curado com o medicamento. Desconfiei e fui pesquisar e, é claro, vi alguns vídeos seus falando sobre isso. Ainda bem que eu consegui impedir. Imagina quanta gente está sendo enganada", afirmou uma seguidora.

Já outra internauta contou: “Eu caí, infelizmente, numa quadrilha dessas, por propaganda enganosa. Usaram o nome de outra pessoa famosa e eu acreditei. Deveria ser especificado na lei como crime grave”, relatou.

Qual o medicamento?

O Instagram Mural da Fama divulgou imagens de qual seria o suposto medicamento. De acordo com a página, montagens teriam sido feitas com a foto do ator divulgando o produto.

Em uma das fotos, uma imagem que Lima aparece segurando um celular teria sido alterada para uma fotografia do ator com o medicamento, intitulado Atrofim, nas mãos. Confira:

WhatsApp Image 2020-12-17 at 16.39.38.jpeg

Ainda segundo a página, a atriz Laura Cardoso também teria sido vítima da suposta fake news. Nesse sentido, o perfil mostra uma foto da atriz recebendo um troféu que teria sido alterada para ela segurando o mesmo medicamento. Confira:

WhatsApp Image 2020-12-17 at 16.39.38(1).jpeg

Participe também: Grupos de WhatsApp e Telegram para receber notícias farmacêuticas diariamente

Obrigado por apoiar o jornalismo profissional

A missão da Agência de notícias do ICTQ é levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o universo farmacêutico. O leitor tem acesso ilimitado às reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados e produzidos, de forma independente, pela redação da Instituição. Sua reprodução é permitida, desde que citada a fonte. O ICTQ é o principal responsável pela especialização farmacêutica no Brasil. Muito obrigado por escolher a Instituição para se informar.

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Fale conosco

PÓS-GRADUAÇÃO - TURMAS ABERTAS