ICTQ Matérias +Lidas do site

Lançamento de um Produto Farmacêutico

Da Anvisa ao consumidor: O processo de lançamento de um produto farmacêutico

| 1789 views

O mercado farmacêutico é um dos três grandes cenários mundiais de grande importância, e a busca pela competitividade e a manutenção do fator competitivo fazem com que as empresas tenham continuamente de inovar em suas condutas. Os avanços tecnológicos fazem com que os produtos sejam lançados num tempo cada vez mais curto, com seu ciclo de vida menor, fazendo com que os profissionais do marketing encontrem meios de maximizar sua aceitação de vendas.

Relação que o usuário tem com a bula do medicamento

| 1786 views

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a bula é o documento legal sanitário que contém informações técnico-científicas e orientadoras sobre medicamentos, as quais são disponibilizadas aos usuários em linguagem apropriada, ou seja, de fácil compreensão, nos estabelecimentos com atividade de dispensação de medicamentos, conforme lei vigente. Este instrumento traz informações preciosas sobre a ação do medicamento, indicações, riscos, modo de uso, reações adversas, conduta em caso de superdose, cuidados de conservação, posologia e outras informações importantes. Sabendo da importância da bula para o uso racional de medicamentos, o ICTQ realizou uma pesquisa que mostra a relação que o usuário tem com tal documento.

Direitos e garantias fundamentais: SUS como garantia fundamental à saúde no Brasil

| 1773 views

O simples reconhecimento formal da saúde como um direito pela Constituição não produz o milagre de fazer com que, no dia seguinte ao reconhecimento formal, este direito seja usufruído materialmente por toda a população. Para que um direito seja concretizado e respeitado, é preciso dotar-lhe de garantias eficazes. Os grandes desafios para a proteção do direito à saúde no Brasil, hoje, residem na criação e disponibilização à sociedade de garantias jurídicas, políticas, processuais e institucionais eficazes a esse direito.

Empresas apostam no conhecimento in company

| 1770 views

É certo que a atuação dos talentos em uma corporação é fator preponderante para o diferencial competitivo e para a rentabilidade do negócio. A questão é: esse valioso capital humano surge basicamente de um dom instintivo ou nasce de um ambiente inovador, estimulante e desafiador? Os especialistas afirmam que ambas as respostas estariam corretas, e mais: elas se complementam!

O custo da burocracia no registro de medicamentos

| 1706 views

O País tem de conviver com alguns obstáculos regulatórios e burocráticos para o registro de medicamentos novos. Na opinião da maioria dos farmacêuticos ligados à área, a morosidade e a burocracia interferem diretamente no interesse da população em ter acesso rápido e seguro aos diferentes tipos de medicamentos. Um bom exemplo é o caso da fosfoetanolamina, substância descoberta pela USP para tratamento do câncer e que não tem ainda registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Farmacovigilância na Industria

Farmacovigilância na Ind. Farmacêutica

| 1690 views

Os medicamentos tornaram-se uma importante ferramenta terapêutica no tratamento e profilaxia de muitas enfermidades, sendo responsáveis pela melhora da qualidade de vida das pessoas. Para que a farmacoterapia tenha êxito e produza os resultados esperados, é necessário que o medicamento seja usado para a condição clínica apropriada, prescrito na forma farmacêutica, doses e período de duração do tratamento adequado e, que, o regime terapêutico prescrito seja cumprido (MARIN & et al., 2003). O impacto do uso de medicamentos em uma sociedade tem várias facetas. Por um lado, os medicamentos podem aumentar a expectativa de vida, erradicar certas doenças, trazer benefícios sociais e econômicos, e por outro lado podem aumentar os custos da atenção à saúde quando utilizados inadequadamente e/ou levar à ocorrência de reações adversas a medicamentos (PFAFFENBACH & et al., 2002).

Consumo de Remédio sem Receita

População de Belém consome remédio controlado sem receita

| 1664 views

Cerca de um em cada quatro moradores de Belém consome medicamento controlado, tarja preta ou vermelha, sem prescrição médica. É um dos consumos mais indiscriminados do País, segundo pesquisa realizada pelo instituto Datafolha e o Instituto de Pós-graduação para Farmacêuticos (Ictq). A parcela belenense é bem superior a média nacional (20%) e só fica atrás dos índices apontados em Fortaleza (38%), Goiânia (33%), Salvador (25%) e Rio de Janeiro (25%). De acordo com o estudo, o remédio virou um produto de uso comum e isso aumenta a compra sem receita.

Gestão Farmacêutica

Professor do ICTQ lança livro sobre Gestão Farmacêutica

| 1660 views

A gestão estratégica é um terreno muito pouco explorado pelo profissional farmacêutico. Pensando nisso os autores Leonardo Doro Pires (professor do ICTQ e criador do selo “O Farmacêutico Gestor”), Lenin Cavalcanti Brito Guerra e Marcel Lima Ribeiro Dantas estão lançando, em abril de 2015, o livro Gestão Estratégica para Farmacêuticos (Ed. Contento). A obra é recebeu a apresentação do empresário Marcus Vinicius de Andrade (fundador do ICTQ) e do presidente do Conselho Científico do ICTQ e ex-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello.

Farmacêutico Atuação Política

A CARREIRA DO FARMACÊUTICO COM ATUAÇÃO POLÍTICA

| 1660 views

PERFIL

O Farmacêutico que escolher ter uma Atuação Política experimentará muito prestígio no meio profissional. Os que a exercem são responsáveis por apontar qual rumo a profissão farmacêutica deve seguir. Além disso, cabe aos que ocupam os cargos políticos ligados ao segmento farmacêutico (como nos conselhos da classe) atuar na regulação das demais carreiras farmacêuticas, visando sempre à defesa da profissão e da sociedade. Não está sendo abordada aqui a atuação em cargos públicos nas esferas federal, estaduais e municipais.

Registro de Medicamentos

As implicações das novas taxas de registro de medicamentos

| 1631 views

É fato que o aumento nas taxas de fiscalização de medicamentos irá impactar todos os elos da cadeia de fabricação desses produtos. Quanto a isso, não há dúvidas, já que a medida foi anunciada em setembro e diversas entidades do setor já posicionaram sobre o assunto. A questão é como essa mudança irá atingir outras áreas, como a regulação e a qualidade...sem falar no alto custo financeiro, que poderá dificultar a entrada de medicamentos genéricos e similares no mercado.

Bases Farmacológicas e Desenvolvimento de Fármacos

| 1630 views

Nos países mais desenvolvidos, a pressão industrial por registros de patentes e domínio do mercado farmacêutico está direcionada à descoberta de substâncias, estruturalmente inovadoras e com potencial para avaliação farmacológica. A resposta a esta demanda estabelece um novo paradigma na busca por compostos-protótipo. Assim, diferentes modelos de conformação molecular têm sido desenvolvidos, criando verdadeiras “quimiotecas” de estruturas moleculares, gerando expectativas e, na maioria das vezes, resultados frustrantes.

Integridade de dados na Indústria Farmacêutica

| 1629 views

As soluções tecnológicas avançam freneticamente e estão cada vez mais convergentes e integradas. Softwares e conceitos como indústria 4.0, IoT (internet of things), big data, data analytics, SaaS (software as a service), IaaS (infrastructure as a service), cloud computing, PAT (process analytical technology), MES (manufacturing execution system), EBR (electronic batch record), virtualização, entre outros, já são realidade e ao mesmo tempo estão em constante evolução.

O Futuro do Farmacêutico

| 1625 views

O mercado farmacêutico passa por modificações profundas, seja na sua regulação, seja na maior competitividade entre as empresas. Esta concorrência força os players do setor a rever suas estratégias, geralmente racionalizando custos e, principalmente, analisando seus recursos humanos, tanto no número, quanto nas competências.

A pílula que mudou o mundo

| 1605 views

“Quando eu era criança, eu e meus irmãos vivíamos correndo e brincado pela rua com meus primos. Lembro-me de uma época em que éramos, ao todo, 32 crianças, entre 3 e 15 anos...eram meus 9 irmãos e irmãs e mais 23 primos e primas de minhas outras três tias. Nós éramos muito felizes”, relembra a aposentada de Diadema (SP), Vera Cristina Coelho, de 76 anos. Apesar de toda a felicidade citada por ela, é fato que essas quatro mulheres (as mães) produziram, em média, oito crianças cada! Isso era muito comum naquela época, mas estava um pouco acima da média de fecundidade medida pelo IBGE, que era de 6,2 filhos por mulher (1940-1950). A discrepância é que essa mesma taxa despencou para 1,77 filho por mulher em 2014.

Voltar

Atendimento

Atendimento de segunda a sexta-feira,
das 08:00 às 18:00 horas.

Telefones:

  • 0800 602 6660
  • (62) 3937-7056
  • (62) 3937-7063

Whatsapp

  • (62) 99473-1495

 

 

Endereço

Escritório administrativo - Goiás

Rua Benjamin Constant, nº 1491, Centro, Anápolis - GO.

CEP: 75.024-020

Escritório administrativo - São Paulo

Rua: Haddock Lobo, n° 131, Sala: 910, Cerqueira César.

CEP: 01414-001 , São Paulo -SP.

Telefones:

(11) 2607-6688
(11) 2268-4286

Fale conosco